Prefeitura de Cabo Frio ignora apelo de empresários e mantém proibição de ônibus de excursão

0
393

Prefeitura de Cabo Frio ignora apelo de empresários e mantém proibição de ônibus de excursãoEmpresários e lideranças ligadas ao turismo de Cabo Frio realizam um protesto na manhã desta terça-feira (25/08). O ato aconteceu em razão do último decreto publicado pela Prefeitura, que proibiu a entrada de ônibus de excursão e similares. Trabalhadores ambulantes e barraqueiros das praias – que continuam com acesso proibido, além de músicos também participam da manifestação.

O protesto teve início por volta das 9h30 na frente da prefeitura. Em seguida, os manifestantes seguiram para a Câmara Municipal. Na segunda-feira (24/08), um dos representantes do grupo chegou a afirmar ao que foram tentados vários contatos com o prefeito Adriano Moreno (DEM), mas nunca foram recebidos. Apenas algumas vezes mandou assessores ou secretários, que nunca nos trouxeram uma solução”, desabafou.

No domingo (23/08), representantes das Associações de Imóveis Legais para Hospedagem e Alojamentos de Cabo Frio (Ailha), de Barraqueiros da Praia do Forte, do Sindicato do Empreendedor, Ambulantes e Camelôs dos Municípios de Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio e São Pedro da Aldeia (Seicaccre) entregaram um documento à Prefeitura de Cabo Frio pedindo o funcionamento total das hospedagens e também a autorização para a retomada das atividades nas praias seguindo as normas de segurança sanitária para evitar a proliferação do novo coronavírus, entre outros.

MAS A PREFEITURA RESOLVEU – DE NOVO – SEGUIR ORIENTAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO

Integrantes do Gabinete de Gestão de Crise da pandemia de Covid-19 de Cabo Frio se reuniram na também na manhã desta terça-feira e definiram que as normas previstas nos decretos vigentes serão mantidas. Segundo a Prefeitura, a decisão segue recomendação expedida pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) para que o governo municipal se abstenha de adotar qualquer nova medida de flexibilização das medidas restritivas que envolvam atividades coletivas que coloquem em risco a saúde pública.

O decreto publicado em 30 de julho, inclusive, já previa a revogação de acordo com a situação da pandemia da Covid-19, segundo a Prefeitura com objetivo de garantir a saúde da população cabofriense. Porém, cidades vizinhas como Arraial do Cabo e Búzios que tiveram mais rigor no enfrentamento da crise provocada pelo novo coronavírus já estão flexibilizando bem mais as regras de isolamento social. Em Arraial do Cabo, por exemplo, os passeios de barco e de buggy devem voltar a ter autorização para acontecerem a partir de setembro.

VEJA O VÍDEO SOBRE O PROTESTO QUE ACONTECEU EM CABO FRIO NESSA TERÇA-FEIRA

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para [email protected]

©Plantão dos Lagos
Fonte: Portal RC24H / Plantão dos Lagos
Fotos: divulgação

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui