Prefeito e secretária de Educação de Cabo Frio vistoriam obras da Escola Municipal Luis Lindenberg

0
11


Obra teve início em maio de 2019 e tem previsão de entrega para dezembro deste ano

O prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio, acompanhou nesta terça-feira (20), junto com a secretária de Educação do município, Elicéa da Silveira, o andamento das obras na Escola Municipal Luis Lindenberg. A unidade, que fica no bairro Guarani, vai abrigar alunos do 6º ao 9º ano e está na etapa de execução de estrutura. A previsão de entrega é para dezembro deste ano. O valor estimado da obra é de R$ 6.247.700,07.

Estavam presentes também, a secretária adjunta de Educação, Verônica Cardozo; o engenheiro da Secretaria de Educação, Ricardo Tanner Muniz, e o engenheiro representante da empresa vencedora da licitação, Pedro Buarque Siqueira.

Durante a visita, Ricardo, que é fiscal da obra junto com os engenheiros João Carlos Queiroz Furtado e Rodrigo Brum, explicou que a construção segue o mais alto padrão de execução, mostrando sempre o zelo pelo patrimônio público.

“Estamos buscando resolver os problemas executivos que aparecem da melhor forma possível, sempre em consonância com as demandas da gestão, dos fiscais de obra e da empresa vencedora da licitação”, comentou.

Ainda segundo o engenheiro, o prédio possui dois andares. No primeiro ficarão auditório, sala de direção, secretaria, sala de professores, biblioteca, vestiário masculino e feminino, sala de artes, laboratório de ciência, orientação pedagógica, arquivo, banheiros dos professores, cozinha, despensa, refeitório, área de serviço, depósitos, banheiro com acessibilidade para pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida e pátio coberto.

No segundo andar, que tem rampa de acesso ao invés de escadaria, serão 12 salas de aula, laboratório de informática, banheiros masculino e feminino. Ao lado do prédio haverá ainda, uma quadra poliesportiva coberta e outra, descoberta.

A secretária de Educação, Elicéa da Silveira, que completa 30 dias à frente da pasta nesta quarta-feira (21), explica que a meta é de que as unidades escolares do município sejam tão boas ou melhor equipadas do que as escolas particulares.

“Temos todo o potencial para transformar as escolas do município em modelo para a região. A meta é que todas elas estejam funcionando e os alunos tenham aulas regulares até o fim do ano, contando com o abrandamento da pandemia. Estamos trabalhando muito para diminuir o abismo entre o ensino público e privado, que não é realidade apenas de Cabo Frio. Temos recursos para isso e também, não nos falta disposição para alcançar esse resultado”, enfatiza Elicéa.



Fonte: Prefeitura Municipal de Cabo Frio