Polícia Civil investiga ameaças às escolas de São Pedro da Aldeia

A Polícia Civil de São Pedro da Aldeia está investigando uma série de ameaças a escolas da cidade que vêm ocorrendo desde o final do mês passado. No dia 30 de março, a Escola Francisco Paes de Carvalho Filho foi alvo de ameaças por um menor de 16 anos, que foi identificado e conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos, onde contou que tudo não passou de uma brincadeira. A conduta do jovem a não é tipificada como brincadeira e ele responderá criminalmente pelas ações e pânico que gerou aos estudantes e professores.

Desde então, outras duas ameaças foram registradas em escolas diferentes. No final de semana, na Escola Feliciano Sodré, alguém utilizou um perfil anônimo no Instagram para publicar uma mensagem secreta sobre um possível ataque à escola. O perfil já estava sendo usado por alunos da escola para enviar recados anônimos, mas a mensagem gerou pânico entre estudantes e professores. Após as mensagens, o perfil foi deletado. A Polícia Civil de São Pedro da Aldeia (125ª DP) oficiou a rede social, “e espera conseguir identificar o suspeito autor do fatos e puni-lo”.

No terceiro caso, uma foto de uma arma e facas foi viralizada através do WhatsApp, juntamente com um áudio ameaçador. No entanto, a foto é de domínio público e já foi utilizada anteriormente por um adolescente em outro estado para gerar pânico em uma escola.

A Polícia Civil e outras agências de segurança pública estão monitorando a situação e investigando possíveis autores das ameaças. Quem for identificado poderá responder por diversos crimes, incluindo ameaça, falsa identidade e apologia ao crime, podendo ser punido com até cinco anos de reclusão e multa.

A população e os estudantes das escolas de São Pedro da Aldeia estão sendo orientados a permanecerem vigilantes e a relatarem qualquer comportamento suspeito ou ameaças às autoridades competentes.


Fonte: Polícia RC24H