PF prende ex-policial militar em Cabo Frio suspeito de homicídios

0
20


A Polícia Federal prendeu na manhã desta quinta-feira, dia 02, em Cabo Frio, um ex-policial militar suspeito de praticar homicídios em agosto de 2019. Ele era considerado foragido há cerca de um ano e estava na lista de procurados do estado.

O ex-policial, identificado como Marcos André Rodrigues Machado, foi capturado quando chegava em uma pousada na praia do Foguete.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pelo Juízo da Vara Criminal de Araruama, também na Região dos Lagos.

De acordo com a Polícia Federal, os homicídios foram praticados em razão da disputa territorial existente entre uma milícia privada e uma facção criminosa que dominava o tráfico de drogas no Campo do Utá, em Araruama.

A ação envolveu policiais federais da Missão Redentor, da Delegacia de Repressão a Drogas da PF no RJ e da Delegacia de Polícia Federal em Macaé, e contou com o apoio do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco/MPRJ) do Ministério Público do Rio.

Além de Marcos André, a operação cumpriu outros dois mandados de prisão expedidos pelo Juízo da Vara Criminal de Araruama, segundo o MPRJ, contra Adison Menezes dos Santos, ex-policial militar, e Paulo Diego da Silva, que também são suspeitos de fazer parte da milícia e estar envolvidos no triplo homicídio qualificado.

Os dois já se encontravam presos e os mandados de prisão foram cumpridos no sistema prisional, de acordo com o MPRJ.

Ainda segundo o Ministério Público, nas investigações, foi constatado que o objetivo dos suspeitos era se apoderar das armas, drogas e dinheiro manuseados no Campo do Utá pelo tráfico de drogas. Para isso, além dos homicídios, os denunciados são suspeitos de praticar delitos de roubo e extorsão contra os moradores do local, com emprego de violência e grave ameaça, mediante uso ostensivo de armas de fogo, aponta o Gaeco.



Fonte: Jornal de Sábado