Pato e Ganso entram em lista de ‘promessas fracassadas’ de jornal italiano

    0
    13

    Alexandre Pato, atacante do São Paulo, e Paulo Henrique Ganso, meio-campista do Fluminense, foram citados pelo jornal “Gazzetta Dello Sport” como duas das principais promessas que fracassaram na década. Em matéria publicada nesta segunda-feira (30), o tradicional periódico italiano colocou os brasileiros ao lado de outros jogadores que não vingaram, como Ben Arfa, Bojan Krkic e Alan Dzagoev.

    Pato, atualmente como 30 anos, foi o primeiro a ser mencionado. Revelado pelo Internacional, o atleta até teve bons momentos no Milan, mas passou a conviver com contusões e nunca mais demonstrou o futebol que todos esperavam, seja na Europa, na Ásia ou no Brasil.

    “Quem acreditou, levante sua mão. A década de Pato começou com aplausos no Barcelona x Milan e termina em São Paulo, no Brasil, país onde tudo começou com o Internacional. Freado por lesões, ele deixou o Milan em 2013: “Fui da Itália para me curar”. Aos 28 anos, ele escolheu a China, desaparecendo do grande centro do futebol: 36 gols em duas temporadas com Tianjin. Seis anos e 15 mil quilômetros depois, restou a ilusão e o arrependimento daquele Pato que era”, sentenciou o veículo de comunicação.

    Ganso também foi lembrado como fiasco. Cria da base do Santos, o armador encantou o mundo ao fazer boa parceria com Neymar e levantar troféus de peso na América do Sul, como a Libertadores e a Copa do Brasil. O meio-campista, no entanto, tardou ao ir para a Europa após uma série de lesões, não vingou no Velho Continente e retornou ao futebol brasileiro.

    “Ganso parecia um fenômeno, mas foi outro erro. No verão de 2011, ele jogou com Neymar a Copa América, mas apenas este último encontrou o caminho para a Europa em pouco tempo. Ganso só migrou em 2016, com o Sevilha, mas foram duas temporadas negativas. Após o empréstimo ao Amiens em 2018, ele voltou ao Brasil para o Fluminense”, comentou.

     


    Fonte: Jovem Pan