OPINIÃO: Emanoel Fernandes: “É caminhando que se faz caminho”

    0
    62

    OPINIÃO: Emanoel Fernandes: “É caminhando que se faz caminho”E nós seguimos a nossa jornada, agora momentaneamente longe dos nossos leitores aqui pela nossa coluna no Plantão dos Lagos, porém mais ativo do que nunca nas redes sociais (inclusive em nossas lives toda terça-feira), procurando aprender e passar um pouco da nossa experiência política enquanto vereador (por dois mandatos), secretário municipal (em diversas pastas, inclusive a de Turismo) e superintendente do Governo do Estado na Região dos Lagos.

    E foi em toda essa trajetória, que pudemos contar um pouco aqui, que Cabo Frio obteve grandes avanços. Eu fui o vereador que mais propôs e aprovou leis nas duas legislaturas que estive na Câmara Municipal, sempre com atenção aos mais necessitados, zelando pela qualidade do ensino público (com o seguro escolar, biblioteca itinerante, disciplinas de primeiros socorros, educação ambiental e espanhol nos currículos), na atenção especial às nossas mamães, com a criação da Semana Municipal do Aleitamento Materno.

    Na condução dos rumos da nossa economia, com a Lei que criou o Polo Tecnológico de Cabo Frio (que já deveria estar implantado há muito tempo), gerando emprego e renda, desenvolvimento sustentável e o fortalecimento do distrito de Tamoios (onde deve ser implantado, junto com Polo Universitário – proposta da nossa pré-candidata à prefeita, a Cristiane Fernandes). No reconhecimento a quem dá o suor em prol da comunidade, com a criação do Dia do Gari e da regulamentação da profissão de cuidador de idosos, inclusive disponibilizadas vagas no último concurso público organizado.

    E eu não poderia deixar de falar, também, do cuidado que sempre tivemos com os nossos idosos. Grande parte de minha vida pública foi dedicada a eles (e elas). Foi do nosso empenho que Cabo Frio foi pioneira em ter – em tempos de crise – mais de 70 atividades para os nossos idosos na estrutura da Secretaria da Melhor Idade, hoje rebaixada ao nível de uma coordenadoria. É de dor o coração ver o abandono de tantos e tantos projetos importantes, que ninguém defendeu, porque eles que lá estão não se importam com o cidadão. Também criamos as lei de reserva de vagas em estacionamentos para idosos, rampas para deficientes em todos os órgãos públicos e armários nas agências bancárias, tudo isso pensando no nosso povo. Eu também lutei muito pela reabertura do HCE, pela criação de escolas, postos de saúde, praças etc.

    Por isso, agora é seguir em frente em mais uma caminhada. Mais uma vez estou colocando o meu nome e a minha disposição em favor da comunidade cabo-friense, como pré-candidato a vereador pelo partido que tenho a honra de presidir o Diretório Municipal de Cabo Frio, o PSD/55. Um partido composto por homens e mulheres de grande honradez, honestidade e boas ideias para retirar Cabo Frio do ostracismo e abandono em que se atolou. A caminhada não é fácil, mas se torna mais empolgante quando a certeza de que temos pessoas como vocês do nosso lado. E vamos em frente porque Cabo Frio precisa de nós! Até logo e fiquem com Deus.

    As opiniões expressas na forma de comentários são de exclusiva responsabilidade de seus autores, e não necessariamente refletem a opinião do Plantão dos Lagos e de seus editores sobre o tema abordado

    ©Plantão dos Lagos
    OPINIÃO: Emanoel Fernandes
    Fotos: divulgação

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui