Nissan abrirá mais 578 postos de trabalho no Estado do Rio

0
22

Nissan abrirá mais 578 postos de trabalho no Estado do RioA montadora japonesa Nissan vai abrir 578 postos de trabalho em sua fábrica no Rio de Janeiro.  As vagas serão para viabilizar a operação de mais um turno de produção, previsto para fevereiro de 2022, no complexo industrial de Resende, no Sul Fluminense. O anúncio foi feito durante reunião do presidente da Nissan no Brasil, Airton Cousseau, com o governador Cláudio Castro e o secretário de Estado da Casa Civil, Nicola Miccione, no início da semana, no Palácio Guanabara.

– O Rio de Janeiro está em outro momento e volta a ser atraente para os investidores. Esta é uma operação de extrema importância para o estado. Nossa prioridade é a geração de empregos para o desenvolvimento do nosso estado, e mais uma vez, a Nissan reafirma o compromisso com o Rio – ressaltou o governador Cláudio Castro.

A montadora investiu R$ 2,6 bilhões na construção de seu complexo industrial próprio em Resende. A unidade industrial que receberá um novo turno de trabalho foi inaugurada em abril de 2014 e tem a capacidade de produzir 200 mil carros e 200 mil motores por ano.

– Ter grandes empresas como a Nissan gerando mais empregos é fruto de articulação e muito diálogo do governo, com todas as esferas. Essas grandes corporações estão investindo no Rio, e isso não é à toa. Estamos criando um ambiente acolhedor, investindo em segurança jurídica, para trazer mais receita e desenvolvimento para o Estado – disse o secretário de Estado da Casa Civil, Nicola Miccione.

Para começar o segundo turno no prazo previsto, a Nissan vai iniciar a seleção e a contratação dos novos funcionários já neste mês de outubro. Com isso, a empresa vai reforçar a produção para atender a demanda pelo Novo Kicks, lançado em março, tanto no mercado interno quanto em outros países, com a exportação do modelo brasileiro. Atualmente, há 2 mil funcionários trabalhando na fábrica de Resende.

“O Rio de Janeiro tem, hoje, no sul fluminense, o segundo maior parque automotivo do país. Este é um segmento que passa por um momento de transformações e reinvenção. Estamos em contato com as montadoras para entender os desafios e oferecer os incentivos para que, em breve, o estado ocupe o protagonismo no setor”, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico, Vinicius Farah.

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para [email protected]

  • ©Plantão dos Lagos
  • Fonte: ASCOM / SEDEERI
  • Fotos: divulgação