Mulher morre carbonizada em acidente na RJ-102, em Arraial do Cabo

0
69


{“subsource”:”done_button”,”uid”:”7916ED00-53C7-4C14-9074-1BB66108DF8B_1626363595757″,”source”:”other”,”origin”:”free_style”,”source_sid”:”7916ED00-53C7-4C14-9074-1BB66108DF8B_1626363659599″}

Uma mulher morreu carbonizada em um acidente de trânsito, na tarde de quarta-feira, dia 14, na RJ-102, na altura do distrito de Figueira, em Arraial do Cabo.

A identidade da vítima foi divulgada como Sandra.

Segundo testemunhas, o acidente aconteceu após a mulher perder o controle da direção do veículo e bater contra um poste.

Com o impacto da batida, o veículo acabou pegando fogo, e a vítima, que ficou presa às ferragens, não conseguiu sair a tempo. Moradores da região contam que correram para o local, assim que ouviram o barulho do acidente, mas não conseguiram socorrer a vítima.

“Não deu nem tempo de fazer nada. Ainda chegamos mais perto, corremos pra ver se dava pra fazer alguma coisa, mas aí não deu pra fazer mais nada. A mulher estava com o braço pra fora, desmaiada, dentro do carro. O carro explodiu e saiu lambendo tudo. Não deu nem pra ver quem era, se era conhecida, se era daqui”, conta um morador, em um áudio que circula nas redes sociais.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para o local, mas quando os agentes chegaram o veículo já havia sido consumido pelo fogo. Por causa do ocorrido, a pista nos dois sentidos chegou a ser interditada.

A perícia esteve no local para realizar um laudo preliminar, mas as causas do acidente ainda não foram esclarecidas.

O caso foi registrado na 132ª Delegacia Policial.

O corpo de Sandra foi liberado já do IML de Cabo e será enterrado em Arraial do Cabo.

Sandra era moradora de Arraial do Cabo e chegou a ser casada com o Francisco de Assis Teixeira Soares, conhecido como Chiquinho de Assis, de 53 anos, mais estavam separados, Sandra deixa filhos e netos.



Fonte: Jornal de Sábado