Mulher em situação de rua é presa suspeita de esfaquear oito vezes moradora em Iguaba Grande



A situação teria ocorrido depois da suspeita pedir dinheiro para a vítima, que não estava em posse de nenhuma quantia no momento. Mulher é esfaqueada em Iguaba Grande
Uma mulher em situação de rua foi presa pela Polícia Militar após esfaquear por oito vezes uma moradora no Centro de Iguaba Grande, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.
A prisão ocorreu na manhã de domingo (29) e a situação teria ocorrido depois da suspeita pedir dinheiro para a vítima, que não estava em posse de nenhuma quantia no momento.
Segundo a polícia, os agentes foram acionados para verificar uma vítima com sinais de golpes de faca na UPA de Iguaba Grande.
Ao chegar na unidade de pronto atendimento, foram informados pela vítima, de 59 anos, que uma mulher em situação de rua teria a agredido com oito golpes de faca no portão da casa dela.
A polícia informou que a vítima foi socorrida por vizinhos, levada para a UPA, e depois transferida para o Hospital Estadual Roberto Chabo, em Araruama.
Segundo a polícia, a suspeita, de 43 anos, já tem passagens por roubo, homicídio e lesão corporal.
A suspeita foi detida depois de buscas. Os policiais apreenderam uma faca com ela.
A mulher foi levada para a delegacia de Iguaba Grande e depois para a delegacia de Araruama, onde foi autuada em flagrante pelo crime de lesão corporal.
Estado de saúde
Nesta segunda-feira, o hospital informou que a paciente foi vítima de múltiplas perfurações no braço esquerdo, cervical e hemitórax esquerdo e passou por procedimentos cirúrgicos.
Na ocasião, o hospital disse também que, no momento, a vítima encontra-se lúcida, orientada, em ar ambiente e relatando não haver queixas. Informou ainda não haver previsão de alta.



G1 Região dos Lagos