Morre o ator Carl Reiner, de ‘Onze Homens e um Segredo’, aos 98 anos

    7

    O ator americano Carl Reiner morreu na segunda-feira (29), aos 98 anos. A revista Variety confirmou a informação com a assistente do ator, Judy Nagy, que alegou morte por causas naturais.

    Reiner teve uma consolidada carreira como comediante na TV dos Estados Unidos com a criação da série “The Dick Van Dyke Show” (1961-1966). Além de ator, ele também foi produtor, roteirista e diretor.

    Após grande sucesso na TV nos anos 50 e 60, ele emplacou como diretor de comédia e conduziu Steve Martin em “O Panaca” (1979). A dupla retomou a parceria nos filmes “Cliente Morto Não Paga” (1982), “O Médico Erótico” (1983) e “Um Espírito Baixou em Mim” (1984).

    Nos anos 2000, Carl Reiner entrou para a franquia “Onze Homens e um Segredo” (2001), estrelada por George Clooney, onde ele viveu o vigarista Saul Bloom.

    Entre seus trabalhos mais recentes estão “Toy Story 4” (2019), “Angie Tribeca” (2018) e “Young and Hungry” (2017).


    Fonte: Jovem Pan