Ministério Público recomenda que leitos da Unilagos e Santa Izabel sejam disponibilizados pelo SUS

273

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 3ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva – Núcleo Cabo Frio, expediu, nesta segunda-feira (29/06), recomendação ao Município de Cabo Frio e à Secretaria Municipal de Saúde para que cumpram o Plano de Contingência Municipal e coloquem em efetivo funcionamento a totalidade de leitos convencionais e de UTI/UPG dos hospitais de referência Unilagos e Santa Izabel.

Especificamente sobre o hospital Unilagos o MPRJ recomenda que se coloque em funcionamento os leitos destinados ao tratamento de pacientes diagnosticados com quadro grave de COVID-19, que se encontram ociosos até a presente data, em flagrante prejuízo à população e aos cofres públicos.

Já no hospital Santa Izabel, o MPRJ requer a efetiva disponibilização de leitos convencionais, bem como de UTI com respirador, à população usuária do sistema público de saúde Cabo Frio, especialmente para o tratamento decorrente de COVID-19, sem prejuízo da manutenção da disponibilização dos leitos para tratamentos de outras causas.

Até o fechamento dessa matéria a Prefeitura de Cabo Frio não havia se pronunciado sobre o documento do Ministério Público Estadual.

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para plantaodoslagos@gmail.com

©Plantão dos Lagos
Fonte: Portal RC24H
Fotos: divulgação