Ministério do Meio Ambiente e Prefeitura de Cabo Frio lançam fase de revitalização do Parque Natural Municipal do Mico-Leão-Dourado | Região dos Lagos

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

O Ministério do Meio Ambiente e a Prefeitura de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, lançaram, na manhã desta terça-feira (17), uma nova fase do projeto de reflorestamento e revitalização do Parque Natural Municipal do Mico-Leão-Dourado, localizado na Estrada do Contorno, no Centro Hípico, no distrito de Tamoios.

Também houve a inauguração do pórtico de entrada da unidade de conservação ambiental, que fica aberta para visitação de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

Um viveiro permanente foi inaugurado no local para ajudar na recuperação florestal — Foto: Prefeitura de Cabo Frio/Comunicação

Por meio do Programa Cidades+Verdes, do Ministério do Meio Ambiente, a Prefeitura, em parceria com o Instituto EcoVida, vai implementar ações de recuperação de áreas degradadas, como o plantio de 10 mil mudas de espécies nativas da Mata Atlântica.

Para isso, também foi inaugurado um viveiro permanente para a produção de mudas de 25 espécies que têm grande importância para a biodiversidade, como a jaborandi, que revitaliza o lençol freático e produz uma fruta que alimenta boa parte dos animais que habitam a região.

A cerimônia contou com a presença de autoridades como o prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio, e o secretário de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, André França. Crianças da Escola Estadual Municipalizada Tosana também acompanharam as atividades no espaço.

Crianças da Escola Estadual Municipalizada Tosana também visitaram o parque e conheceram o projeto de recuperação da área — Foto: Prefeitura de Cabo Frio/Comunicação

“Essa área fantástica de Cabo Frio vinha sendo degradada. É uma alegria imensa a execução deste projeto. Hoje vemos as crianças da Tosana marcando presença e já se ambientando, mas queremos ver diariamente este espaço sendo ocupado pelos alunos da rede pública e também da rede privada. Aqui eles vão valorizar a vida e se surpreender com tudo que o local pode oferecer”, declarou Bonifácio.

Autor da emenda parlamentar que arcou com os custos do projeto, o deputado federal Paulo Ramos agradeceu a parceria das esferas federal, estadual e municipal.

“É motivo de muita alegria reunir todas as esferas administrativas neste trabalho em conjunto, onde todos os lados foram decisivos. Fica aqui um legado e um símbolo de luta vitoriosa pela preservação do mico-leão-dourado. Ninguém sobrevive sem olhar com carinho para a conservação da natureza”, frisou o deputado federal Paulo Ramos.

No espaço foi instalado um meliponário para a criação de abelhas sem ferrão, inclusive com espécies ameaçadas de extinção. Também foram construídas ocas para aulas de educação ambiental e meditação. O espaço vai receber ainda o cercamento de três mil metros lineares de áreas de preservação ambiental.

“Graças à cooperação dos poderes pudemos ter este dia de celebração e materialização deste projeto. Ver pessoas tão comprometidas e dedicadas a tornar este espaço melhor traz muita felicidade, e vamos ajudar a tornar o local mais arborizado e com melhores condições para que sejam desenvolvidos projetos de conscientização e cidadania ambiental para os alunos cabo-frienses”, declarou o secretário de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, André França.

Também estiveram na solenidade Luiz Soraggi, secretário executivo da Anamma; Flávio Gonçalves, subsecretário de Conservação da Biodiversidade e Mudança do Clima da Secretaria Estadual de Ambiente e Sustentabilidade do Rio de Janeiro; Dhanyelle Garcia, secretária de Meio Ambiente e Saneamento de Cabo Frio; Rosalice Fernandes, secretária adjunta de Meio Ambiente e Saneamento em Tamoios; Emiliano Reis, coordenador do ICMS Ecológico; Ricardo Santana, coordenador Estadudal do Instituto Ecovida, e o vereador Oseias de Tamoios.

Fonte: G1