Milhas acumuladas? Agência de viagem dá dicas para fazer os pontos renderem um dinheirinho extra

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

No mundo atual, comprar com cartão de crédito é quase regra e, muitos deles, geram pontos e milhas. Mas o que fazer com isso, que ainda é um mistério para muita gente? A CAPO Viagens explica como fazer o melhor uso, acumular mais e alcançar diversos objetivos.

Acumular milhas não é difícil. Utilizar mais o cartão de crédito, ao invés do dinheiro físico ou o débito, já é um grande passo. Após juntar os pontos, o cliente pode trocá-los por passagens aéreas – o que é mais comum – e, até mesmo, por produtos e serviços que ajudam no dia-a-dia, como compras em e-commerce. É comum grandes varejistas oferecerem promoções de pontos a cada real gasto, gerando uma excelente oportunidade para ganhar muitos pontos ou milhas.

“Aproveitei várias promoções de lojas online para comprar presentes de Natal no fim de 2021 e acumulei pontos. Depois, esperamos as promoções de milhagem. As melhores são de 10 para 1, que chegam a grandes descontos em mais de 35%”, conta o CEO da CAPO, Orsini Nascimento.

Além disso, é possível acumular bônus fazendo a transferência de pontos dos cartões de crédito para os programas de fidelidade durante os períodos promocionais. Nesta terça-feira (18), por exemplo, a Smiles oferece até 100% de bônus nas transferências de pontos da Livelo, para quem quiser adquirir produtos com desconto.

“Com os pontos acumulados, nós esperamos as promoções de transferência com, no mínimo 100%, e realizamos esse processo de vendas para outras pessoas utilizarem as milhas”, explica Orsini.

É possível acumular pontos Latam Pass em voos realizados pela Latam e, também, voando com a Delta, British, Iberia, Qatar e companhias aéreas parceiras; acumular milhas Smiles voando pela GOL, Copa, Aerolineas, Aeroméxico, Air France, KLM, TAP, Alitalia, Emirates, entre outras; e pontos TudoAzul com voos plea Azul, TAP, United, Copa ou Turkish. A maior parte das companhias é membro da aliança global Skyteam.

Falar em pontos e milhas, é automático pensar em viagens aéreas. Mas as opções vão muito além disso. Quem não tem pontos suficientes para trocar por viagens aéreas, pode procurar sites especializados, como o Hot Milhas e, em breve, o CAPOmilhas, onde é possível vender os pontos e transformá-los em dinheiro, possibilitando a viagem de terceiros. Uma oportunidade de renda extra.

Orsini conta que ele sempre desfruta da oportunidade quando possível. “Aproveitei várias promoções de lojas online para comprar presentes de Natal no fim de 2021 e acumulei pontos. Depois, esperamos as promoções de milhagem. As melhores são de 10 para 1, que chegam a grandes descontos em mais de 35%. Trocar milhas por dinheiro é rentável. É possível fazer uma renda extra com a venda de milhas, tanto para agência de viagens quanto para pessoas que precisam”, conta.

Sobre a CAPO Viagens

A CAPO Viagens nasceu em abril de 2018 e é a primeira agência on-line do Brasil com atendimento personalizado 24h por dia, além de contar com as melhores ofertas em passagens aéreas e milhas. Tem a missão de proporcionar a melhor experiência, atendimento de qualidade e diferenciado, buscando sempre o melhor preço e acompanhamento pré e pós-venda, para que cada cliente se sinta acolhido e seguro. É o jeito simples de viajar.

Agência cadastrada na Associação Brasileira dos Agentes de Viagem (ABAV/RJ), no Ministério do Turismo (Cadastur) e certificada pelo Selo Reclame Aqui. A CAPO Viagens e Tecnologia fica localizada na Avenida Nossa Senhora da Glória, nº 2987, Cavaleiros, Macaé/RJ.

Site: www.capoviagens.com.br
E-mail: [email protected]
Instagram: @capoviagens
Atendimento exclusivo pelo WhatsApp: +55 (22) 99936-2492

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para [email protected]

  • ©Plantão dos Lagos
  • Fonte: Bless Comunicação
  • Fotos: divulgação