Maira de Jaime, do PROS, é eleita prefeita em eleição suplementar de Silva Jardim

0
13


A eleição suplementar em Silva Jardim teve 4.791 abstenções, o equivalente a 24,86%. A cidade contou ainda com 1,22% de votos brancos, 177, e 2,94% de votos nulos, 426.

Maira de Jaime tem 38 anos, é solteira, tem ensino médio completo e declara ao TSE a ocupação de agente administrativo. O vice Marcos João, também do PROS, tem 46 anos. Prefeita e vice eleitos neste domingo (12) vão ficar no cargo até o dia 31 de dezembro de 2024.

Na praça Amaral Peixoto, no centro da cidade, a comemoração pela vitória nas urnas começou por volta das 17h30, quando foram divulgados os primeiros números pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ).

Veja o resultado após o fim da apuração:

  • Maira de Jaime (PROS) – 37,99%
  • Fabrício de Napinho (PSD)- 31,63%
  • Juninho Peruca (PODE)- 30,38%

 

Eleição suplementar em Silva Jardim

 

Os eleitores de Silva Jardim foram às urnas neste domingo (12) para escolher o novo prefeito e vice-prefeito porque na eleição de 2020, o então candidato Jaime Figueiredo foi o que  recebeu mais votos, mas o pleito estava sub judice e nao assumiu o cargo.

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral decidiu no dia 18 de maio manter a exclusão do Partido Republicano da Ordem Social (Pros) da disputa das Eleições Municipais de 2020. Por unanimidade, o Plenário tornou definitiva a anulação dos votos recebidos pela chapa lançada pela coligação Trabalhando por Silva Jardim para a Prefeitura e determinou a realização de novas eleições locais.



Fonte: Jornal de Sábado