Limpeza Subaquática da Marina dos Pescadores celebra o Dia Mundial do Meio Ambiente em Arraial do Cabo

0
39

Limpeza Subaquática da Maria dos PescadoresA AREMAC, Associação da Reserva Extrativista Marinha de Arraial do Cabo, em parceria com a APAMAC, Associação dos Pescadores Artesanais de Mergulho de Arraial do Cabo e a ABTEPAC, Associação dos Barqueiros Tradicionais Extrativistas das Praias de Arraial do Cabo promovem neste sábado 05/06, Dia Mundial do Meio Ambiente, a limpeza subaquática da região da Marina dos Pescadores, na Praia dos Anjos.

Além dos três píeres de atracação, os mergulhadores, com apoio dos barqueiros e pescadores e dos técnicos das três instituições, farão a retirada dos detritos do fundo do mar pela enseada. A concentração será na própria Marina, às 7h00 da manhã. O material recolhido será levado para a Usina de Reciclagem de Arraial do Cabo, localizada próxima ao posto do BPRv. O presidente da AREMAC, Eraldo Cunha, destaca a importância do evento: “é dever de cada um zelar pela proteção ao meio ambiente. E para nós isso é mais do que uma obrigação, já que é o mar que traz o sustento da família do extrativista”, disse.

QUANTIDADE DE PLÁSTICO NOS OCEANOS PODE TRIPLICAR EM DUAS DÉCADAS

De acordo com um estudo publicado pela revista National Geographic, a quantidade de lixo despejada nos oceanos pode triplicar até 2040, chegando a 29 milhões de toneladas métricas despejadas no mar por ano. No fim de 20 anos, se nenhuma medida efetiva for tomada com ações enérgicas de combate à poluição oceânica de forma global, esse acumulado pode chegar a 600 milhões de toneladas de lixo no leito do mar.

No Brasil, estudos mais recentes mostram que são despejadas 640 mil toneladas de lixo no mar todos os anos e que 10% desse total é formado por material de pesca abandonado. Por isso que campanhas de educação e conscientização são frequentes na programação da AREMAC durante todo o ano, em todas as praias da cidade. “Temos que fazer o nosso dever de casa e educar as novas gerações. A AREMAC também defende com austeridade a nossa costa, em ações de fiscalização permanentes.”, concluiu Eraldo Cunha.

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para [email protected]