Licitação para a primeira etapa das obras no Teatro Municipal de Cabo Frio será em dezembro




Nesta fase, será realizada obra na parte estrutural do prédio, além da pintura e outros reparos. Valor do contrato é de R$ 510.585,51. Primeira licitação é para obras estruturais no Teatro Municipal de Cabo Frio
Prefeitura de Cabo Frio/Divulgação
A Prefeitura de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, anunciou a licitação para a primeira etapa das obras no Teatro Municipal Inah de Azevedo Mureb. A abertura dos envelopes será no dia 7 de dezembro, às 10h, no auditório da Prefeitura.
A licitação por tomada de preços terá contrato no valor de R$ 510.585,51. A primeira etapa inclui obra em toda a parte estrutural do prédio, além da pintura e outros reparos.
No dia 7 de dezembro, as empresas interessadas deverão apresentar as propostas de preços e os documentos de habilitação.
O Edital Processo Nº41404/2023 – Tomada de Preços n° 007/2023 pode ser conferido no Portal da Transparência, por meio do seguinte link: https://transparencia.cabofrio.rj.gov.br/licitacaolista.php?id=1238.
De acordo com o secretário de Cultura, João Felix, a reforma do Teatro Municipal será executada em duas etapas, sendo a primeira a estrutural e a segunda da Caixa Cênica.
“O processo para a reforma da Caixa Cênica está em análise e em breve também vai para licitação. Estamos confiantes que em pouco tempo o Teatro será reaberto ao público levando muita cultura e arte para a população”, afirmou o secretário.
Sem espetáculos
O Teatro Inah de Azevedo Mureb completou 26 anos no dia 14 de agosto deste ano, mas, desde 2017, não recebe espetáculos devido a problemas estruturais. Ao longo desses seis anos foram anunciadas reformas e novas datas de reabertura, o que não aconteceu.
Atualmente, o espaço funciona parcialmente para reuniões, ensaios e oficinas na Sala Ângelo Samerson.
Em agosto, o g1 apurou junto à Prefeitura de Cabo Frio sobre o andamento da reforma da caixa cênica. O município informou, na ocasião, que o processo para a licitação estava em fase final de levantamento da documentação. E que a obra da caixa cênica estava orçada em R$ 1,2 milhão.



G1 Região dos Lagos