Lançamento da Moeda Social Itajurú será nesta sexta-feira (29), em Cabo Frio

0
15


Projeto piloto começará beneficiando 500 famílias do bairro Manoel Corrêa

Nesta sexta-feira (29), às 10h, a Prefeitura de Cabo Frio vai fazer o lançamento oficial do programa Moeda Social Itajurú. A solenidade acontecerá no Ciep Professora Amélia Ferreira dos Santos Gabina, no Manoel Corrêa, bairro escolhido para dar início ao projeto piloto, com a presença do prefeito José Bonifácio.

Nesta fase inicial, 500 famílias em situação de vulnerabilidade social serão beneficiadas com 200 itajurus mensais, o equivalente a R$ 200. Segundo a secretária de Assistência Social, Nilza Miquelotti, todas foram selecionadas pela equipe responsável pelo Bolsa Família/Cadastro Único.

“Os critérios de seleção da Lei da Moeda Social priorizam famílias em situação de extrema pobreza, pobreza e baixa renda, respectivamente, inscritas no Cadastro Único. Inicialmente, serão beneficiadas famílias que não participam de nenhum programa de transferência de renda, e famílias numerosas, com idosos e/ou com pessoas com algum tipo de deficiência” informou a secretária.

Para dar transparência ao processo, a listagem com a relação das famílias contempladas pelo programa Moeda Social será divulgada nos próximos dias no Diário Oficial município, no site da Prefeitura.

Segundo o coordenador do programa, Adriano Brisola, a distribuição dos 500 cartões às famílias beneficiadas será feita a partir desta sexta-feira (29), ao final da cerimônia de lançamento.

“Finalmente chegamos na fase final do processo de implantação desse programa que irá beneficiar tanta gente necessitada. O sistema do Banco Comunitário Digital Itajurú também já está sendo instalado nos celulares dos comerciantes que aceitarão a Moeda. Esta semana faremos uma força tarefa para finalizarmos todo este trabalho”, informou Adriano.

No último sábado (23) o prefeito José Bonifácio, e a equipe do Instituto E-Dinheiro Brasil (organização vencedora do certame de chamamento público que irá gerir as transações financeiras da moeda), estiveram no bairro Manoel Corrêa para fazer os primeiros testes com os comerciantes.

“Essa moeda vai ser muito boa para nós, comerciantes. Vai melhorar, e muito, a vida das pessoas e dos empresários aqui do bairro, principalmente, porque só poderão comprar aqui na comunidade”, disse Luiz Alberto Pereira, primeiro comerciante a cadastrar o aplicativo.

O Termo de Colaboração com o Instituto E-Dinheiro Brasil foi assinado na última sexta-feira (22). O extrato de homologação e adjudicação de licitação a Organização da Sociedade Civil vencedora do chamamento público nº 001/2021 foi publicado na segunda-feira (18), no Diário Oficial da Prefeitura de Cabo Frio. O instituto será o responsável pela implantação do Banco Comunitário Digital de Cabo Frio e pela gestão da Moeda Social Itajuru.



Fonte: Prefeitura Municipal de Cabo Frio