Justiça obriga retratação e multa R$ 10 mil para blogueiro de Cabo Frio que publicou notícia falsa

0
20


A Justiça condenou um blogueiro de Cabo Frio a pagar R$ 10 mil de indenização por divulgar uma notícia falsa. A sentença determina que o conteúdo seja retirado do site e redes sociais, além de uma retratação pública para as vítimas envolvidas. A retratação foi publicada no site do blogueiro nesta terça-feira (5), mas também possui erros de informação. O blogueiro em questão já é conhecido na cidade por publicar fake news.

A informação falsa que foi objeto da condenação foi publicada em 31 de janeiro deste ano, afirmando que o designer gráfico Nils Emílio Petersen, marido de Rodolpho Campbell, que é secretário adjunto de Esporte e Lazer da Prefeitura de Cabo Frio, teria furado fila na vacinação contra a covid-19. Na época, o site publicou a foto de uma pessoa, supostamente parecida com Nils Petersen, afirmando que ele estaria sendo vacinado em Cabo Frio antes do tempo correto. A fotografia, no entanto, não era de Nils, e sim de um profissional de saúde na cidade de Mococa, no interior de São Paulo.

“Por mais que a pessoa na foto fosse parecida, o divulgador de fake news nem se deu ao trabalho de me perguntar e confirmar se era eu na foto. Ficou notório que o motivo da publicação foi difamar a mim e ao Rodolpho. Eu tomei a primeira dose da vacina no dia 5 de agosto, mais de seis meses depois da fake news”, explica Nils.

O processo foi julgado pelo Juizado Especial Cível de Cabo Frio, e não cabe recurso.



Fonte:
Fonte Certa