Jorge Jesus se compara a Pedro Álvares Cabral e D. Pedro: ‘Ficamos na história’

    0
    53

    Jorge Jesus, técnico do Flamengo, foi condecorado nesta segunda-feira (30) elo presidente de Portugal com a Ordem do Infante D. Henrique por conta do seu “prestígio que o seu trabalho como treinador fora de Portugal trouxe ao país”.

    Jorge Jesus recebeu uma das medalhas de maior prestígio do país e aproveitou para mostrar um pouco mais do seu grande ego durante seu discurso de agradecimento.

    “É com orgulho que recebo essa condecoração. Portugal e Brasil são países irmãos. Claro que não fomos nós, eu e minha equipe técnica, que descobrimos o Brasil, quem descobriu o Brasil foi Pedro Álvares Cabral em 1500, em 22 de abril. Também não fui eu que dei independência ao Brasil, foi Dom Pedro I em 1822, mas fomos nós que em 23 e 24 de novembro conquistamos dois títulos (Copa Libertadores e Campeonato Brasileiro) e vamos ficar na história do Brasil. Eles de uma maneira, nós de outra”, comparou Jorge Jesus.

    “Vamos ficar sempre ligados, não a nação do Brasil, mas a nação do Flamengo. E a nação do Flamengo são 50 milhões de torcedores. Portanto essa ligação histórica entre Brasil e Portugal vai ficar. Daqui 50 anos eu não estarei mais aqui, mas vão dizer que foi um português que ganhou a Libertadores e o Brasil”, finalizou o treinador português.


    Fonte: Jovem Pan