Humanização é destaque nos atendimentos prestados pelo Programa Melhor em Casa

0
8


O Programa Melhor em Casa continua sendo referência de humanização na saúde e de qualidade nos serviços prestados à população aldeense. A iniciativa realiza a desospitalização de pacientes e oferece tratamento profissional de saúde contínuo no conforto de casa do cidadão. Uma das visitas das equipes de multiprofissionais que integram o programa foi acompanhada pelo prefeito Fábio do Pastel.

A paciente visitada pela equipe foi a idosa Maria Leite da Silva, do bairro Fluminense. O atendimento contou com aferição da pressão arterial, verificação da oxigenação do sangue e da glicose feitas por técnicos de enfermagem. Após, o serviço de fisioterapia efetuou alongamento dos membros inferiores e estímulo da autonomia para facilitar ações de rotina como troca de fraldas.

A avaliação médica, integrada aos atendimentos prestados pelo programa, destacou a melhora da idosa após o acompanhamento realizado em domicílio. “Em termos clínicos gerais ela está muito bem, com saturação, frequência cardíaca, pressão arterial e glicemia adequada, apresentando melhora clínica significativa, levando em consideração o atendimento domiciliar, pois trata-se de uma paciente desospitalizada e aos 92 anos de idade. Com o apoio da família, damos continuidade aos cuidados necessários no conforto do lar”, relatou o médico Rafael Ker.

O prefeito, Fábio do Pastel, acompanhou todos os procedimentos de perto e exaltou o trabalho dos profissionais. “O trabalho, o carinho e a dedicação de todos ao acamado é de extrema importância. Parabenizo à família, à cuidadora da Maria e toda a equipe do nosso município. Sei que o trabalho de todos não é forçado, é algo internalizado”, disse ele.

Vale destacar que o Programa Melhor em Casa acolhe os pacientes do leito hospitalar que tenham condições de ser tratados em suas residências, atuando para melhor atender aos cidadãos aldeenses que se enquadram no procedimento.

“Somos aqueles conhecidos por levar ao seu lar a cura. Não nos limitamos ao tempo, ao espaço. Sua casa não precisa ser grande ou luxuosa, basta ela ser o seu melhor lugar, o seu lar. Estamos em cada olhar, em cada gesto, em cada sorriso. Estamos em cada toque para a esperança chegar e a fé ascender, definiu o coordenador do Programa, Junior Curcino.



Fonte: Prefeitura de São Pedro da Aldeia