Hospital Municipal de Búzios realiza cerca de 30 cirurgias de hérnia em janeiro

O ano mal começou e a Prefeitura de Búzios, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, já realizou cerca de 30 cirurgias de hérnia no Hospital Municipal Rodolpho Perissé (HMRP). Este procedimento é uma das maiores demandas da saúde pública em todo o país. Mas em Búzios, com o fim da demanda reprimida em 2022, e regularizado o fluxo para realização de cirurgias eletivas, o tempo de espera foi reduzido.

“Resultados como esse são naturais quando se tem meta, planejamento e investimento, uma premissa da atual gestão. O prefeito Alexandre Martins marca muito isso, que a saúde é prioridade e que o povo tem de receber o melhor tratamento. ”, comenta Leônidas Heringer, secretário municipal de saúde.

Outras especialidades cirúrgicas já foram realizadas, como as de frenectomia, cabeça e pescoço, plásticas, vesícula, mastologia. Com a retomada das cirurgias eletivas em fevereiro de 2022, que até então não podiam ser realizadas devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19, foram executados mais de 2000 procedimentos cirúrgicos em Búzios em um ano, números superiores aos alcançados por hospitais públicos no restante do estado. A meta é dobrar esse número em 2023. 

A porta de entrada para as cirurgias eletivas é a Unidade Básica de Saúde (UBS), onde, após avaliação clínica, o munícipe pode ser encaminhado à policlínica para consulta com o especialista. Sendo constatada a necessidade do procedimento cirúrgico, com o pedido médico, a paciente agenda a data da cirurgia na sede da Secretaria de Saúde.

Fonte: Jornal de Sábado