Homem que teve 80% do corpo queimados em incêndio em Três Rios é transferido para hospital da Baixada Fluminense

    0
    20



    Marcos Vinicius Azevedo da Silva foi transferido nesta segunda-feira para o Hospital Estadual de Traumatologia e Ortopedia.Caso aconteceu na Rua C, no bairro Santa Terezinha. Marcos Vinicius e Nataliane eram namorados
    Reprodução/Redes sociais
    Foi transferido nesta segunda-feira (30) o homem que teve 80% do corpo queimados em um incêndio na residência onde ele e a companheira moravam em Três Rios, no Sul do Rio de Janeiro. Ele foi levado para o Hospital Estadual de Traumatologia e Ortopedia (HTO) em Nilópolis, na Baixada Fluminense.
    Marcos Vinicius Azevedo da Silva, de 27 anos, foi transferido porque o estado de saúde é grave. Ele estava internado desde o dia 26 de dezembro no Hospital de Clínicas Nossa Senhora da Conceição, em Três Rios.
    Os bombeiros estão apurando as causas do incêndio.
    Companheira da vítima morreu em incêndio
    Cômodo da casa atingida pelo incêndio em Três Rios
    Reprodução/redes sociais
    A companheira de Marcos, Nataliane Fraga da Silva, de 21 anos, morreu no local do incêndio. O incidente aconteceu na quinta-feira (26) na Rua C, no bairro Santa Terezinha. Segundo investigações da Polícia Civil, há indícios de que o casal teria se desentendido e que o incêndio possa ter sido proposital.
    De acordo com o delegado André Lourenço, ele aguarda o laudo da perícia, que vai ajudar na investigação do que de fato aconteceu na residência. A Defesa Civil esteve no local para avaliar a estrutura do imóvel. Uma perícia também foi feita no interior da residência.
    “Ela estava com perfurações no pescoço, provocadas por uma faca muito semelhante às que ele estaria, segundo o irmão. Ela foi atingida no quarto, mas foi arrastada próximo a onde estava um botijão de gás. Ao que tudo indica, houve um vazamento, que a gente não pode afirmar se foi acidental ou provocado, mas o indutivo é de que é um vazamento provocado. Ele também se queimou bastante, mas saiu de casa consciente, com essa faca na mão, tendo dito que perdeu o amor da vida dele e que tentou se suicidar”, explicou o delegado André Lourenço.


    Fonte: G1