Homem é preso em Cabo Frio, RJ, por armazenar conteúdo de pornografia infanto-juvenil | Região dos Lagos

0
13

Um homem de 54 anos foi preso nesta quinta-feira (25) em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, por agentes da Delegacia a Criança e Adolescente Vítima. O homem era investigado há cerca de dois meses por suspeita de armazenar e compartilhar conteúdo de pornografia infanto-juvenil.

O investigado é funcionário público da Prefeitura de Cabo Frio e trabalha no setor de Verificação de Óbito. Segundo a Polícia Civil, ele atua no funcionalismo público da cidade há 30 anos.

A prefeitura informou que o profissional tem vínculo com o município desde 1991, mas com contratos renovados. Atualmente, o contrato ativo é um temporário assinado no dia 1° de janeiro de 2020, no qual desempenha a função de agente administrativo, na Secretaria Municipal de Saúde. E disse, ainda, que ele foi contratado seguindo os trâmites legais, não sendo identificado na época qualquer tipo de problema que impedisse a contratação.

A Secretaria Municipal de Administração informou que vai submeter o profissional a processo administrativo para avaliar a conduta do servidor.

O preso já vinha sendo monitorado pelo setor especializado no combate a abusos sexuais contra crianças e adolescentes, através da rede mundial de computadores, criado pelo Departamento Geral de Polícia Especializada para estes tipos de delito que vêm crescendo desde o início da pandemia.

A Polícia Civil informou que, em uma análise prévia do material arrecadado no cumprimento de busca e apreensão, já é possível afirmar que o homem foi preso em flagrante por armazenar material de pornografia infanto-juvenil. Uma perícia será realizada para verificar se houve compartilhamento do material, o que pode aumentar a pena.

Fonte: G1