Homem é preso acusado de atear fogo em companheira, em Búzios

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Fachada do Hospital municipal Rodolpho Perissé, unidade para onde a vítima foi levada Foto: Reprodução / Google Street View

A Polícia Militar prendeu nesta quarta-feira (26), no balneário de Búzios, na Região dos Lagos, Felipe da Silveira Gonçalves, de 30 anos, acusado de atear fogo na companheira. A vítima, de 32 anos, está internada em estado gravíssimo no Hospital municipal Rodolpho Perissé após ter 40% do corpo queimado. O homem foi indiciado por violência doméstica e tentativa de feminicídio.

De acordo com os policiais do 25º BPM (Cabo Frio), os agentes foram informados que uma mulher havia dado entrada na unidade médica com 40% do corpo queimado. Ao chegarem no hospital, ainda consciente, ela disse que quem havia cometido o crime era o próprio marido e desmaiou logo depois.

Então, os sgentes foram até a residência do suspeito, que fica no bairro Tartaruga. Lá, Felipe foi preso em flagrante por violência doméstica e tentativa de homicídio. Ele foi levado para a 125ª DP (São Pedro da Aldeia), onde foi registrado o caso. No entanto, será a 127ª DP (Armação de Búzios) a distrital responsável por investigar a motivação do crime.

De acordo com a Polícia Militar, Felipe possui anotações por descumprimento de medida protetiva, furto a turista, furto no interior de residência, lesão corporal, porte de droga para consumo próprio e tráfico de drogas.

Na manhã desta quinta, a direção do Hospital municipal Rodolpho Perissé informou que a mulher “foi atendida em caráter de emergência com queimaduras de segundo grau e posteriormente foi encaminhada para o centro cirúrgico da unidade”. Ainda segundo a unidade, “no momento se encontra em leito de unidade semi intensiva, o estado dela é estável, e aguarda transferência”.