Governo do Estado do Rio, Prefeitura de Cabo Frio e Cabo Frio Airport assinam “Acordo de Cooperação Técnica”

0
24


O Governo do Rio de Janeiro assinou nesta quarta-feira (29) um acordo de cooperação técnica com o Aeroporto de Cabo Frio para consolidar o local como ativo fundamental de infraestrutura da cadeia logística de comércio exterior e movimentação de passageiros no Estado. A expansão do empreendimento já está programada e a previsão de investimentos, nos próximos dois anos, é de R$ 55 milhões.

Operado pela iniciativa privada há mais de 20 anos, o Aeroporto de Cabo Frio possui localização estratégica, perto das principais rotas de cargas do país, e tem a segunda maior pista do estado, com capacidade para receber aeronaves cargueiras. Há cerca de 11 anos opera regularmente um voo semanal de carga diretamente de Miami (EUA), alimentado por voos do México, Ásia e Europa, além de voos domésticos da América do Norte.

“Vamos reafirmar a qualificação do estado do Rio de Janeiro como um dos principais hubs brasileiros para exportação, importação e distribuição de cargas”, afirma o governador Cláudio Castro. “Além disso, o aeroporto está localizado em um dos principais polos turísticos do estado. O potencial de atração de investimentos, geração de emprego e renda, e valorização da região Norte Fluminense é altíssimo”, reforça.

O acordo prevê o planejamento estratégico, a realização de estudos, e projetos para integração e utilização conjunta dos recursos de infraestrutura disponíveis.

Para o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico Vinicius Farah, o Aeroporto de Cabo Frio está pronto para ser integrado à malha logística do estado. Possui área alfandegada, armazém geral, câmaras frigorificadas e base de helicópteros, além de parque de abastecimento de aeronaves.

“O Norte Fluminense é um ponto estratégico de armazenagem de cargas, essencial para o desenvolvimento do estado do Rio de Janeiro. Não só do segmento de petróleo e gás”, destaca o secretário. “O aeroporto de Cabo Frio conta com uma importante estrutura logística, eficiente, moderna e competitiva para o estado. Vamos utilizar essa facilidade que o Rio de Janeiro oferece, estrategicamente localizada fora da região metropolitana, e somá-la às já existentes, como os aeroportos do Galeão e Santos Dumont”, completa.

O presidente do Conselho de Administração do Aeroporto de Cabo Frio, Eduardo Valle, destacou que “o Acordo de Cooperação entre o Governo do Estado do RJ e o Aeroporto de Cabo Frio vai permitir que o estado e a iniciativa privada ofereçam melhores condições para o desenvolvimento acelerado da economia Norte Fluminense”. Segundo ele, o Business Park de Cabo Frio abre as portas da região para empresas nacionais e estrangeiras, tradings e atacadistas que queiram fazer negócios no país de maneira fácil, sem riscos relevantes e com baixo custo fixo.



Fonte:
Fonte Certa