Governador em exercício anuncia que Rio não vai comprar vacinas contra Covid-19

0
73

O governador em exercício Cláudio Castro (PSC) anunciou, nesta quarta-feira (24/02), que o Rio de Janeiro não vai precisar comprar vacinas contra a covid-19 em um primeiro momento. Em coletiva, Castro explicou que o Plano de Imunização Nacional, feito pelo Ministério da Saúde, vai suprir completamente a demanda do estado.  “Enquanto a gente não perceber que esse cronograma não será cumprido, não tem por que o Estado do Rio comprar. Até porque ele [o Rio de Janeiro] vai comprar algo, gastar um dinheiro que já não tem para comprar algo que a União vai comprar”, disse.

Ele afirmou, ainda, que o Rio de Janeiro foi um dos estados do país que comprou os insumos mais baratos para vacinação. “Para mim, essa questão da pandemia não é política, é técnica. Tenho batido nessa tecla sempre, que essa questão da vacina é técnica, tanto que nós compramos os insumos mais baratos do país. Enquanto outros discutiam politicamente, a gente foi lá na técnica e compramos a 17 centavos, acho que nenhum lugar mais conseguiu comprar agulha e seringa por esse valor, mostrando que o Rio está caminhando.

Montamos um esquema de logística, estamos entregando em seis horas as vacinas a todos os municípios. É esse o papel do governo do estado”, apontou. Nesta terça-feira (23/02), o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que os estados e municípios do país teriam autonomia para comprar os insumos para a vacinação caso a União descumpra o Plano de Imunização Nacional ou caso as doses sejam insuficientes.

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui