Exposição de quadros enaltece o patrimônio cultural de São Pedro da Aldeia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Os moradores e turistas de São Pedro da Aldeia, que ainda não visitaram a exposição de quadros na Casa da Cultura, têm até a próxima sexta-feira (03/06) para conferir de perto a mostra “Expressão em Cores”, assinada por mais de 20 artistas locais. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Cultura e o artista plástico aldeense Carlos Diangelo. A entrada é gratuita, das 9h às 17h.

A exposição coletiva reúne 34 obras de arte confeccionadas a óleo, grafite e aquarela, que enaltecem o patrimônio cultural de São Pedro da Aldeia e levam os visitantes a uma breve viagem pelos cantos e encantos do município. Entre os cenários retratados estão a Igreja dos Jesuítas, construída no século XVIII, as salinas, a antiga estrada de ferro, a Lagoa de Araruama, as embarcações pesqueiras e a orla do Centro. A mostra também apresenta ao público releituras de quadros célebres, como Mona Lisa, de Leonardo da Vinci, e Garden At Sainte Adresse, de Claude Monet.

“É gratificante abrir as portas da Casa da Cultura para receber os talentos locais, que fomentam a arte e valorizam a história e as riquezas da nossa cidade, especialmente neste mês em que São Pedro da Aldeia completou 405 anos de fundação. A exposição está um sucesso e as obras estão lindíssimas. Vale a pena fazer uma visita e prestigiar os nossos artistas”, destacou o secretário de Cultura, Thiago Marques.

Atividades educativas e culturais

Além da mostra, um dos destaques da programação foram as oficinas gratuitas de pintura e desenho ministradas por Carlos Diangelo. As aulas aconteceram em quatro dias na Casa da Cultura e proporcionaram a mais de 30 alunos o ensino e a prática supervisionada das técnicas básicas da pintura a óleo e grafite, com certificação.

Thiago Marques e Carlos Diangelo fizeram a entrega de certificados aos alunos participantes
Foto:
Karol Giordano

“A nossa proposta foi dar a oportunidade para que as pessoas pudessem ter acesso a arte e ao desenvolvimento de novas habilidades. A procura pelas oficinas foi muito grande e infelizmente não conseguimos atender a todos devido a limitação das vagas, mas ficamos muito felizes com o sucesso da iniciativa e de poder contemplar esse grupo de alunos tão dedicados e comprometidos”, disse Diangelo, artista plástico atuante há 19 anos na cidade.

Ao longo do mês, a exposição também serviu de cenário para diversas atividades educativas e culturais, incluindo palestras gratuitas, visitas guiadas e visitas educativas de escolas, como o Colégio Estadual Dr. Feliciano Sodré e a Escola Municipal de Educação Especial Pedro Paulo Lobo de Andrade, a EMESPP, que atende jovens e crianças com deficiência intelectual, deficiência múltipla e Transtorno do Espectro Autista (TEA).

“Por conta do aniversário da cidade, nós trabalhamos o tema ‘405 anos de São Pedro da Aldeia’ com os estudantes em sala de aula e a visitação à exposição foi mais uma etapa desse trabalho educativo. Essa é a primeira atividade extraclasse que fazemos com as nossas turmas, pós-pandemia, e eles gostaram muito. Muitos deles nunca vieram à Casa da Cultura e tiveram a oportunidade de conhecer o espaço e o trabalho dos artistas da cidade”, destacou a professora Letícia Rocha.

A exposição também entrou para o cronograma de atividades culturais e pedagógicas da turma 3001 do curso de formação de professores nível médio do Colégio Estadual Dr. Feliciano Sodré. Ao todo, 18 alunas participaram da visitação acompanhadas do professor Alexandre Curvello, como parte da disciplina “Práticas Pedagógicas e Iniciação à Pesquisa (PPIP)”. “Esse tipo de atividade é fundamental para a formação dessas alunas, porque engrandece o repertório cultural, até para que elas tenham condições de, futuramente, poder trabalhar esse tipo de conteúdo com os seus próprios alunos, em sala de aula. Também já estamos planejando fazer uma visita à Casa da Flor”, destacou o pedagogo.

“Na nossa formação de professores, a gente tem que saber o que está acontecendo na cidade e a Casa da Cultura, por ser um espaço cultural, é uma excelente opção. As pinturas estão lindas”, comentou a estudante Yasmin Moreira, de 17 anos.

A Casa da Cultura fica localizada na Avenida Francisco Coelho Pereira, nº 255, no Centro. O agendamento de grupos e escolas para visitas educativas pode ser feito pelo telefone (22) 2625-5167 ou pelo e-mail [email protected].

Fonte: Prefeitura de São Pedro da Aldeia