Estudantes da rede municipal são premiados no concurso socioeducativo “Preservar é da nossa natureza”

0
37

Estudantes da rede municipal são premiados no concurso socioeducativo “Preservar é da nossa natureza”A Prolagos, empresa da Aegea Saneamento, premiou cinco estudantes da rede municipal de ensino que se destacaram no concurso socioeducativo “Preservar é da nossa natureza”. Com o tema “Quais os impactos positivos do saneamento para o meio ambiente da sua cidade?”, os melhores vídeos de curta duração, produzidos por estudantes do 6º ao 9º ano do ensino fundamental dos municípios de Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia, foram premiados com 1 smartphone Samsung Galaxy A11.

Os curtas foram avaliados por uma comissão julgadora formada por colaboradores da concessionária, e dois finalistas de cada cidade, totalizando dez produções, foram publicados para votação no Facebook da Prolagos. Os criadores dos vídeos mais curtidos de cada cidade foram: Kalel Miranda Costa, da E. M. Nicomedes Theotônio Vieira, em Búzios; Yuri do Amaral, do Colégio Municipal Vera Felizardo, em Arraial do Cabo; Isadora Gusmão, da E. M. Deputado Claudio Moacyr de Azevedo, em Iguaba; Camila Rodrigues, da E. M. Lucinda Franciscone de Medeiros, em São Pedro e Iasmin Santos, da E. M. Vereador Leaquim Schuindt, em Cabo Frio.

O desafio promovido pela Prolagos em comemoração ao mês do meio ambiente envolveu toda a comunidade e escolar. “A proposta do concurso foi muito interessante, pois em meio à pandemia, esta atividade estimulou o trabalho com as ferramentas digitais e fomentou na juventude a vontade de construir e disseminar conhecimento de forma mais simples. Outro ponto alto foi a mobilização de pessoas para ajudar na votação, que foi bem interessante. Descobri um novo Yuri neste processo, pois ele é bem tímido e ficou bastante engajado para conseguir os votos”, comentou Mariana Amaral, responsável pelo aluno Yuri do Amaral, de Arraial do Cabo.

Vencedora do município de Cabo Frio, Yasmim Santos mostrou em seu curta a transformação da rua onde mora a partir da ação de um morador. “Assim que soube do concurso, fui estudar o saneamento ambiental e vi que tinha um bom exemplo perto da minha casa, pois havia uma área que era feita de lixão por algumas pessoas, atraindo até urubus, mas que foi transformado por um vizinho que estava incomodado e que fez do espaço um jardim. Fui até o local, fiz fotos, vídeos, peguei imagens de como era antes na internet e mostrei o antes e depois”, conta a jovem, que disse não ter tido dificuldades com a produção do vídeo.

Durante a entrega dos prêmios, as secretarias de Educação dos municípios, parceiras da Prolagos nas ações de responsabilidade socioambiental e educacional, promoveram uma pequena recepção para os alunos e responsáveis. “O resultado dos vídeos nos surpreendeu positivamente. Ficamos felizes em ver como os alunos se dedicaram em cada etapa, do levantamento das informações, captação das imagens, edição do vídeo e na mobilização durante a votação popular. O apoio das secretarias foi fundamental para a realização desde concurso, que ficou ainda mais desafiador por conta das aulas online. Acompanhar esta entrega e conhecer de perto a história dos alunos foi emocionante – comentou Simony Dias, coordenadora de Responsabilidade Social da Prolagos.

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para [email protected]