Estruturas de pedras da Praça das Águas são interditadas em Cabo Frio

0
11


Vários pontos da estrutura estão danificados, colocando em risco as pessoas que circulam pelo local.

“O material colocado na Praça das Águas, imitando pedras, quebrou em vários pontos. Trata-se de uma estrutura de concreto armado sem enchimento ou qualquer apoio interno. Como aquele local serve de cenário para fotos, e muita gente sobe nas estruturas, optamos pelo isolamento e interdição até que a demolição desses pontos ocorra. Não podemos permitir que as pessoas se machuquem”, afirma a engenheira e secretária de Obras e Serviços Públicos, Tita Calvet.

A secretária diz ainda que a partir dessa segunda-feira (30), as pedras vão ser removidas.

“A estrutura, hoje, encontra-se em estado avançado de decomposição e está com vários problemas na estrutura, até porque não houve manutenção”, afirma.

A secretária destaca que é importante manter distância da área interditada por causa do perigo e evitar subir nas pedras.

“Não vão demolir a praça toda, nem retirar todas as pedras, só as estruturas maiores interditadas, que estão realmente comprometidas e podem causar um acidente. A gente já vai começar remoção”, explica.

Um dos indícios de abandono da praça das águas é um guarda-corpo de vidro quebrado. Os visitantes também precisam ter cuidado com os assentos espalhados pela praça, já que muitos estão com rachaduras e com tábuas soltas.

“Antes aqui era muito bonito, agora a praça está abandonada. Aqui tinha um chafariz, tinha peixe. Eu acho que não pode permanecer do jeito que está, pois é um ponto turístico”, conta o aposentado Valcir Vasconcelos.

Quando foi reinaugurado, em 2013, o espaço tinha um espelho d’água. Hoje, o solo seco está até rachado. Em 2019, a prefeitura havia informado que a água que ficava no local estaria se infiltrando e poderia atingir o lençol freático. Com isso, os prédios do entorno poderiam ser afetados. Na época, a Secretaria de Desenvolvimento estaria fazendo um projeto para readequar o espelho d’água.

“Não há previsão de obras, só de retirada das pedras. A manutenção do espelho d’água é muito cara. A gente vai avaliar um novo projeto, considerando o orçamento da prefeitura”, explica a secretária de Obras.

A construção da praça custou cerca de R$12 milhões. O local é um dos principais pontos turísticos de Cabo Frio, e fica ao lado da Praia do Forte.

Segundo a prefeitura, sem a verba necessária para uma grande reforma, a praça deve continuar assim por um tempo.

“Ressalto que estamos trabalhando com o orçamento do ano passado, no qual não foi previsto reforma na praça para este ano. Temos que considerar no orçamento para o ano seguinte”, conta a secretária de Obras.



Fonte: Jornal de Sábado