Estado do Rio de Janeiro renova “Vale Social” até o fim da pandemia do novo coronavírus

0
266

O Governo do Estado do Rio de Janeiro renovou o benefício do “Vale Social”, que dá dignidade às pessoas com deficiência e portadores de doenças crônicas em tratamento. Eles terão acesso ao benefício automaticamente renovado enquanto durar a calamidade pública decretada por conta da pandemia do novo coronavírus.

O que assegurou esse benefício foi a Lei 8.908/2020 sancionada e publicada no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro na terça-feira (30/06). Uma das coautoras do projeto é a deputada estadual Marina Rocha, líder do Partido da Mulher Brasileira (PMB). A lei garante o acesso gratuito das pessoas com deficiência e/ou doença crônica e, quando preciso, de seu acompanhante, nos serviços públicos de transporte coletivo de passageiros no Estado do Rio, mediante apresentação de documento de identidade e laudo médico ou cartão de marcação de consultas da unidade de saúde onde realiza seu tratamento.

“Como deputada estadual estou trabalhando muito para ajudar as pessoas que mais estão sofrendo com a pandemia e vemos com entusiasmo a aprovação da dessa lei, da qual sou uma das autoras, que renova automaticamente o cartão do Vale Social. Juntos, com trabalho e seriedade, vamos vencendo as batalhas”, escreveu a deputada Marina Rocha

NA REGIÃO DOS LAGOS, BENEFÍCIO JÁ AJUDOU MUITAS PESSOAS

O presidente municipal do PSD/55 em Cabo Frio, Emanoel Fernandes, liderança do partido que também tem deputados que assinam como coautores o projeto de lei, lembrou de quando foi superintendente regional do Estado, no governo de Rosinha Garotinho, e teve a oportunidade de ajudar muitas famílias com os benefícios sociais do Estado. Até hoje os governos de Rosinha e Anthony Garotinho são reconhecidos, até por adversários, como os que mais investiram no social em todo o interior do Estado do Rio de Janeiro.

“Muitas pessoas deixam de se cuidar, devido à ausência de recursos para fazer o tratamento e acompanhamento no INCA, na ABBR e em outras unidades de saúde. Tive o privilégio de ter sido o responsável de atender toda população da nossa microrregião (Cabo Frio, Arraial do Cabo, Búzios e São Pedro da Aldeia). Esse é um programa que nenhum governador pode frear, e sim investir cada vez mais para atender toda a para população. Investir no social tem que ser uma prioridade de qualquer Governo!”, destacou Emanoel Fernandes.

©Plantão dos Lagos
Fonte: O São Gonçalo / Plantão dos Lagos
Fotos: divulgação