Embarcação é apreendida com 3 toneladas de sardinha, que está no período de defeso na Região dos Lagos


Apreensão foi realizada durante a Operação Sardinella Brasiliensis, da Polícia Federal com ICMBio e Ibama. Responsável pelo barco foi multado em R$ 71,7 mil. Proprietário da embarcação foi multado em R$ 71,7 mil e o pescado apreendido na Região dos Lagos
PF/Divulgação
Uma embarcação com 3 toneladas de sardinha verdadeira, espécie que está no período de defeso – ou seja, não pode ser pescada – foi apreendida nesta quinta-feira (9) durante uma operação da Polícia Federal em conjunto com o ICMBio e o Ibama. A embarcação foi abordada na altura de Saquarema, na Região dos Lagos.
O período de defeso da espécie vai de 1º de outubro a 28 de fevereiro.
O responsável pelo barco foi preso em flagrante e conduzido ao Posto da Polícia Federal em Cabo Frio para os procedimentos de praxe, além de ter sido multado em R$ 71.700,00.
A ação faz parte da operação Sardinella Brasiliensis, que visa o combate à pesca predatória da sardinha verdadeira, espécie que se encontra no período de defeso, além de coibir a pesca ilegal e fiscalizar o turismo náutico nos limites da Reserva Extrativista Marinha do Arraial do Cabo.
Durante a operação, as equipes abordaram uma embarcação e constataram que havia cerca de três toneladas de sardinha verdadeira no porão do barco.
Sardinha apreendida em operação da PF, ICMBio e Ibama
PF/Divulgação
O pescado foi apreendido, assim como a embarcação e apetrechos de pesca.
A operação, intitulada “Sardinella Brasiliensis” em referência ao nome científico da sardinha verdadeira, segue ao longo de todo o final de semana.
Todo o material apreendido será destruído porque, segundo o ICMBio, a sardinha estava misturada com outros peixes que não estavam próprios para consumo. Por isso, não poderia ser doado para instituições.

Fonte: Portal G1