Educação celebra Outubro Rosa com momento de conscientização

0
17


Em celebração ao Outubro Rosa, movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama, os servidores da Secretaria de Educação foram recebidos de maneira especial nesta sexta-feira (1º). Com um espaço decorado com a temática da campanha, a coordenação de Educação Preventiva transmitiu mensagens de autocuidado e valorização da saúde.

Durante a ação, profissionais ressaltaram a importância do autoexame, principal medida usada para detectar precocemente a doença. Além da demonstração, também foi anunciado que no dia 22 de outubro, a Secretaria de Educação irá montar um espaço adequado para a coleta de preventivo e prescrição de exames voltados à saúde feminina, de forma totalmente gratuita.

Imagem: SEMED/PMSPA

A ginecologista e obstetra, Isaura Maria Silva de Oliveira, destacou a importância da iniciativa. “Apesar de estar na cidade há 21 anos, eu ainda não havia realizado esse vínculo com a Educação. E, acreditando que a educação seja tudo em nossas vidas, podemos pensar que educar também é uma das etapas da prevenção, onde podemos inserir na secretaria e para os alunos, as informações sobre patologias. Neste primeiro tempo, com o Outubro Rosa, nós estaremos disponíveis para esclarecer dúvidas, realizar exames e ensinar o autoexame, porque ninguém conhece mais o nosso corpo como nós mesmos”, contou a médica.

Imagem: SEMED/PMSPA

Também estiveram presentes a coordenadora de Educação Preventiva, Maria Regina Rosa, e as integrantes da Associação Amigas da Mama, Cláudia Fernanda Dias, Maria de Fátima Sbano Leal, e Rose Terto, que falou sobre sua experiência com a doença. “O câncer deve ser falado não somente no mês de outubro. Nós mulheres, devemos realizar o autoexame mensalmente. Temos alterações hormonais em alguns períodos, e foi assim que aconteceu comigo. Fiz o autoexame e detectei algo diferente. Devemos ficar ligadas nos sinais, desde histórico familiar até as mudanças que acontecem em nosso corpo. Olhar para si, se examinar, e procurar ajuda médica é um ato de amor próprio”, afirmou.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer, o INCA, o câncer de mama ocupa a primeira posição em mortalidade por câncer entre as mulheres no país. No Brasil, as maiores taxas de incidência estão nas regiões Sul e Sudeste. Quando descoberto precocemente, as chances de cura podem alcançar até 95%, quando o tumor apresenta menos de um centímetro.



Fonte: Prefeitura de São Pedro da Aldeia