EDITORIAL: Nada justifica o cancelamento dos shows de aniversário

0
321

EDITORIAL: Nada justifica o cancelamento dos shows de aniversárioNada justifica o cancelamento dos shows de Diogo Nogueira e a Banda Rabuja, no dia do aniversário da cidade de Cabo Frio (13/11), na Praia do Forte e no distrito de Tamoios. A Prefeitura, com um argumento bastante tosco, afirmou que o evento era para cerca de 20 mil pessoas, como se pudesse mensurar quantas pessoas estariam presentes na Praia do Forte, por exemplo, para ver o Diogo Nogueira. O Ministério Público acatou uma denúncia anônima de que o município não tinha as certidões e autorizações necessárias para um evento de médio-grande porte (100 mil pessoas).

É inadmissível, aliás, acreditar que uma cidade do porte de Cabo Frio não tenha um corpo técnico-jurídico capaz de se antecipar a esse tipo de problema, preparando tudo para que os eventos e ações possam transcorrer com naturalidade. É muito amadorismo de um governo que se elegeu com a bravata da mudança e acabou sim conquistando um título importante: o de “pior governo do século”, superando as péssimas administrações de Marquinho Mendes e Alair Corrêa.

Agora, fica a pergunta ao nauseabundo prefeito dessa cidade, o Adriano Moreno, que de doutor não tem nada: “o senhor vai ressarcir os cofres públicos, com o dinheiro do seu bolso, pelo que foi gasto pela Prefeitura na montagem da estrutura do evento?”. E uma outra pergunta que não quer calar pelos seus eleitores: “O senhor vai indenizar as pessoas que investiram o dinheiro delas para comprar mercadorias e vender nas praias durante os shows e assim garantir um conforto a mais para as famílias?”. Fala Adriano! Não seja o covarde de sempre…