Despachante acusado de falsificar certificados de armas é alvo de busca da PF em Cabo Frio


A Polícia Federal executou um mandado de busca e apreensão na residência de um despachante em Cabo Frio, nesta quinta-feira (21), suspeito de envolvimento em uma extensa rede de falsificação de Certificado de Registro de Arma de Fogo (CRAF). Além disso, ele é acusado de adquirir uma grande quantidade de armas de fogo destinadas a falsos colecionadores, atiradores e caçadores (CACs).

O despachante já havia sido alvo da Operação Indiciado Confesso anteriormente e, agora, é investigado por ser o principal falsificador de CRAFs no estado do Rio de Janeiro.

Segundo a Polícia Federal, as investigações reuniram evidências de que o despachante teria realizado diversas falsificações de documentos relacionados à posse e ao porte de armas de fogo, bem como ao comércio clandestino de armamentos. A ação de busca e apreensão teve o objetivo de coletar mais provas e prevenir e reprimir crimes de falsificação de documentos públicos e comércio ilegal de armas de fogo.

A Justiça determinou o cumprimento de medidas cautelares, e qualquer violação por parte do investigado pode resultar em sua prisão preventiva.

A ação foi realizada pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO), uma iniciativa coordenada pela Polícia Federal, que visa produzir informações de inteligência sobre o crime organizado no estado do Rio de Janeiro. A FICCO é composta pela PF e pelas Polícias Militar (PMERJ) e Civil (PCERJ) do Rio de Janeiro.

Baixe o aplicativo CIC7 notícias e mantenha-se informado com qualidade e agilidade, 24h por dia! 🔥📰

Pesquise na Google Play por CIC7 ou clique no link a seguir: https://bit.ly/AppCIC7Android

Pesquise na Apple Store por CIC7 ou clique no link a seguir: https://bit.ly/AppCIC7Appl



CIC7 Notícias – Lagos