Curso 'Mulheres no Audiovisual' é lançado em Macaé e está com inscrições abertas




Projeto de empoderamento é do governo federal, e, por meio de cursos de produção de vídeos exclusivos para mulheres com idade acima de 17 anos, dá espaço para o olhar da mulher sobre diferentes representações na sociedade contemporânea. Curso ‘Mulheres no Audiovisual’ foi lançado em Macaé e está com inscrições abertas
Moisés Bruno/Prefeitura de Macaé
O curso “Mulheres no Audiovisual” foi lançado na noite desta terça-feira (31) em Macaé, no Norte Fluminense. Por meio da iniciativa, mulheres com idade acima de 17 anos vão poder participar de uma oficina de produção de vídeos.
São três turmas com vagas disponíveis e as aulas vão ocorrer entre os dias 6 e 17 de novembro (veja locais das aulas no final do texto).
As inscrições podem ser feitas pela internet, em formulário disponibilizado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres no Instagram (link na bio).
Ao final do curso, será produzido um evento público e gratuito para a exibição dos trabalhos desenvolvidos pelas alunas. A ação abre espaço para o olhar feminino sobre as diferentes representações da mulher na sociedade contemporânea.
Sobre o curso
O projeto é uma realização do Governo Federal, através do Ministério da Cultura, com patrocínio da Lei Rouanet e da empresa Air Liquide, executado pela Numen Produtora. Ele foi lançado na noite desta terça na Secretaria de Políticas para as Mulheres.
A abertura contou com uma palestra com a professora de História do Colégio de Aplicação de Macaé (CAp), escritora e roteirista, Daiana de Souza. Ela falou sobre a experiência como autora e com roteiros.
A autora acaba de lançar “Jornal dos Tigres (Editora Malê)”, livro infantil que conta a história de um menino que, junto com sua família, descobre quem foi José do Patrocínio.
“Desde muito nova tenho esse gosto por escrever. Claro que a nossa primeira referência são as novelas da Globo, mas ao longo do caminho descobri que o audiovisual é múltiplo, feito por diferentes profissões. Escrever roteiros é uma dessas possibilidades”, destacou Daiana de Souza.
A coordenadora do Espaço Mulher Cidadã, Raquel Duarte, lembrou que dados sobre a produção audiovisual no Brasil apontam que menos de 20% dos filmes produzidos no país são feitos por mulheres.
“É um mercado ainda dominado por homens, mas precisamos ampliar, cada vez mais, a discussão sobre desigualdade de gênero nesse e em tantos outros cenários. Por isso, sempre apoiamos ações que incluam mulheres e contribuam na nossa luta por mais oportunidades”, aponta a coordenadora.
Turmas abertas
Turma 1
Local: Espaço Mulher Cidadã Erosita França Leclerc
Endereço: R. Dr. Luiz Bellegard, 139 – Imbetiba
Vagas por turma: 21
Dias de Oficina: 06 a 10/11, 13 e 14/11, 16 e 17/11
Horário: 18h às 21h
Turma 2
Local: Secretaria Adjunta de Qualificação Profissional
Endereço: R. Alfredo Backer, 363 – Centro, Macaé – RJ, CEP:27947-670
Vagas por turma: 21
Dias de Oficina: 06 a 10/11, 13 e 14/11, 16 e 17/11
Horário: 14h às 17h
Turma 3
Local: Secretaria Adjunta de Qualificação Profissional
Endereço: R. Alfredo Backer, 363 – Centro, Macaé – RJ, CEP:27947-670
Vagas por turma: 21
Dias de Oficina: 06 a 10/11, 13 e 14/11, 16 e 17/11
Horário: 18h às 21h



G1 Região dos Lagos