Casal executado em Saquarema é identificado como o maior fornecedor de drogas da Região dos Lagos

0
222

Os corpos de um casal executado na última quarta-feira (15/03) no bairro Ipitangas, em Saquarema, foram identificados como Ângelo Eduardo Roza Mendonça, de 43 anos, e a esposa Yanca Souza. O homem era conhecido como Sanguinho, apontado como o maior fornecedor de drogas da Região dos Lagos. De acordo com a Polícia Militar, a dupla foi encontrada alvejada e desfigurada em uma usina e, em seguida, encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML) de São Gonçalo.

O criminoso era considerado foragido da Justiça desde 2018, quando recebeu o benefício de progressão de pena, passando do regime fechado para o semiaberto e ter direito à Visita Progressiva ao Lar. Em uma das saídas, ele nunca mais retornou à unidade prisional no Instituo Penal Vicente Piragibe. Sanguinho foi preso em 2014, após uma denúncia anônima. Na época, ele foi detido com uma carga de entorpecentes que seriam levadas para Cabo Frio.

Braço direito preso em Iguaba

No fim da tarde de quarta-feira (17/03), um homem apontado como braço direito de Sanguinho foi preso em Iguaba Grande, durante uma operação da Polícia Civil. Ele foi capturado no interior de uma mata com mais de R$20 mil em drogas.

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para [email protected]

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui