Caminhada Rosa: Ação em Maricá conscientiza sobre o câncer de mama neste sábado




Concentração será às 8h na Praça Orlando de Barros Pimentel, e os participantes vão caminhar até a Praça Tiradentes, em Araçatiba. No próximo fim de semana ação será em Itaipuaçu. Caminhada tradicional vai conscientizar sobre o câncer de mama neste sábado, a partir das 8h, em Maricá
Anselmo Mourão
A tradicional Caminhada Rosa, que marca a conscientização contra o câncer de mama, será realizada neste sábado (21) em Maricá, na Região Metropolitana do Rio. No próximo fim de semana a ação será em Itaipuaçu.
O evento deste sábado terá concentração às 8h na Praça Orlando de Barros Pimentel. Os participantes vão caminhar pelas ruas do Centro da cidade até a Praça Tiradentes, em Araçatiba. A expectativa é de reunir centenas de pessoas.
Foram abertas 750 fichas para que os participantes ganhem as camisas da ação, mas inscrições esgotaram rapidamente. A retirada deve ser feita das 8h às 9h, no local de concentração.
Quem não conseguiu realizar a inscrição pode participar do mesmo jeito, o ideal é que seja vestindo uma camisa rosa.
No final do trajeto será realizada aula de dança com educador físico.
Ação em Itaipuaçu
No domingo seguinte (29) a ação será realizada no distrito de Itaipuaçu, ao longo da orla da praia. A concentração será às 8h, na rua Rio de Janeiro, próximo à Lona Cultural.
As inscrições para receber o kit da ação serão abertas na próxima semana. De acordo com o município vão ser disponibilizadas 380 fichas.
Ação nas USFs
As Unidades de Saúde da Família (USF) dos bairros também estão realizando durante todo o mês ações de conscientização contra a doença.
Entre os dias 21 e 27 de outubro – As atividades vão acontecer na USF Central
No dia 25 de outubro – As ações serão realizadas no Espraiado
No dia 26 de outubro – Ações na USF Carlos Alberto Soares de Freitas
No dia 28 de outubro – Ações nas USFs de Ponta Negra, Guaratiba e Marinelândia
Nos dias 24, 25, 27 e 31 de outubro – Ações na USF do Bairro da Amizade
Todas as unidades estão contando também com rodas de conversa alertando sobre a necessidade da realização dos exames preventivos, disponíveis o ano todo nas USF. Cada mulher deve procurar a sua unidade de referência para marcação de consultas e realização dos exames.



G1 Região dos Lagos