Cabofriense-RJ 2 x 1 Bangu-RJ – Coutinho e Sillas marcam e Tricolor se firma no G-4

0
38

Cabofriense-RJ 2 x 1 Bangu-RJ – Coutinho e Sillas marcam e Tricolor se firma no G-4A Cabofriense deu um passo importante rumo à classificação ao derrotar o Bangu por 2 a 1 na tarde deste sábado, no estádio Alair Corrêa, pela 11ª rodada da Série D do Campeonato Brasileiro. Os gols do triunfo foram marcados por Sillas e Coutinho. Anderson Lessa descontou. Com o resultado, o time de Cabo Frio chegou aos 22 pontos, dentro do G-4 e de olho na liderança. O Bangu, por outro lado, estacionou nos 16, perdendo grande oportunidade de entrar no ‘bolo’.

BANGU É MELHOR, MAS SAI ATRÁS!

A Cabofriense começou o jogo em cima do Bangu e precisou de apenas três minutos para abrir o marcador. Natan avançou em velocidade pela esquerda e cruzou para Sillas, que mandou no fundo das redes. O Bangu tentou responder de forma imediata. Caio Cezar recebeu dentro da área, driblou George e caiu pedindo pênalti. Árbitro assinalou simulação.

Em desvantagem, o Bangu teve que partir para o ataque, mas deu o contragolpe ao adversário. No entanto, foi o time visitante quem pressionou. George fez um milagre em tentativa à queima-roupa de Felipinho. O goleiro ainda salvou a Cabofriense no chute de Anderson Lessa. E o jogo continuou assim, ataque contra defesa. O Bangu montou uma blitz no sistema defensivo da Cabofriense, que só saiu com uma vitória parcial, pois o goleiro George apareceu como o principal destaque dos primeiros 45 minutos com excelentes defesas.

DEU CABOFRIENSE!

O segundo tempo continuou emocionante. O Bangu seguiu pressionando e enfim conseguiu deixar tudo igual. Aos 23 minutos, Anderson Lessa foi derrubado dentro da área, pênalti. O próprio meia cobrou para empatar. Antes, porém, o a equipe visitante havia perdido Michel, expulso. Com dez, o Bangu se viu satisfeito com o empate e começou a administrar. A Cabofriense, não, e partiu para cima. A superioridade numérica foi valer nos minutos finais. Aos 48, Juninho arriscou de longe, Mateus Inácio defendeu, mas deixou a bola nos pés de Coutinho. O jogador, que tem nome de craque, guardou, dando números finais ao duelo.

PRÓXIMOS JOGOS

Na próxima rodada, a Cabofriense enfrenta o Nacional-PR na sexta-feira, às 15h, no estádio Correão, em Cabo Fris (RJ). No sábado, às 15h, o Bangu desafia a Portuguesa-RJ em Moça Bonita, no Rio de Janeiro (RJ).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui