Bandidos com fuzis roubam dois caminhões com R$ 85 mil em carnes. Um deles seguia para a Região dos Lagos

0
71

Bandidos com fuzis roubam dois caminhões com R$ 85 mil em carnes. Um deles seguia para a Região dos LagosBandidos armados com fuzis roubaram dois caminhões frigoríficos, no início da manhã desta sexta-feira, na Rodovia BR-101 (Niterói-Manilha), altura de São Gonçalo. As duas cargas somadas chegam a cerca de R$ 85 mil, com peças de carnes bovinas, suínas e de frango.

De acordo com os funcionários da empresa, o roubo aconteceu por volta das 6h desta sexta-feira. Eram cerca de dez bandidos fortemente armados dentro de três carros, segundo eles. Os ocupantes do primeiro veículo foram levados para dentro do Complexo do Salgueiro. O motorista e o ajudante do segundo caminhão conseguiram fugir a pé pela BR-101.

Na 72ª DP (Mutuá), estão os três ocupantes do segundo caminhão. Eles deverão ser ouvidos pela polícia. Eles contam que a empresa entrou em contato por telefone garantindo que “os outros dois colegas estão bem”.

— Trabalho na estrada desde os meus 13 anos, nunca tinha acontecido isso comigo, nessa proporção. Já fui roubado, mas não com tantos criminosos. Na hora a gente só pensa na família. Para voltar a trabalhar, o jeito é se apegar a Deus — conta o motorista do caminhão, de 61 anos, que seguia para Nova Friburgo. Ele tem quatro filhos e sete netos.

O segundo caminhão tinha como destino a Região dos Lagos. Todos eles saíram de São João de Meriti, Baixada Fluminense, sede da empresa.

O ajudante do primeiro caminhão contou que ele e o motorista foram ameaçados durante todo o tempo em que estiveram dentro da comunidade, pouco mais de duas horas. Os veículos chegaram a travar com o sistema de segurança assim que entraram no Complexo do Salgueiro, mas foram destravados por outro criminoso que cortou os cabos internos. Eles tiveram que descarregar a carne dos veículos na localidade conhecida como Itaoca.

Após a ação, os criminosos mandaram os dois seguirem com os caminhões, que voltaram a travar. Os funcionários então tentaram sair a pé e pediram ajuda para um motorista, que os levou até as margens da rodovia. Os caminhões ficaram dentro da comunidade.

— Eles chegaram a dar uma coronhada no motorista. Foi coisa de doido. Estávamos indo trabalhar e aconteceu isso. Foi Deus que nos salvou. Eu achei que ia morrer. Pedi muito para eles não nos matarem. E agradeço ao morador que ajudou dando essa carona, poderíamos morrer lá dentro — contou o ajudante, que mora em Nilópolis, Baixada Fluminense.

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui