Atleta de Cabo Frio representará a cidade em competição de 255 km na Amazônia

0
8


Natália Hofmann viaja em outubro para a Ultra Trail Amazônica

A atleta ultramaratonista Natália Hofmann, de Cabo Frio, vai representar a cidade na competição Ultra Trail Amazônica, que acontece no final do mês de outubro no meio da selva amazônica. Especialista em treinamento de corrida, a atleta conta com o apoio da Prefeitura de Cabo Frio e vai enfrentar os 255 km do percurso principal.

Acostumada com provas de longa distância, Natália conta que está seguindo uma preparação rígida para o novo desafio. Durante a semana ela faz treinos de fortalecimento muscular em casa e corrida nas praias da cidade, além de praticar subidas em dunas e morros. Para melhorar o condicionamento físico, aos sábados ela faz treinos mais longos percorrendo Cabo Frio, Búzios e Arraial do Cabo.

“Vai ser muito importante esse apoio da Prefeitura de Cabo Frio. Por ser da cidade, quero representar e dar visibilidade para o município em todas as competições que participo, além de também ser uma forma de conseguir outros apoios e patrocínios de empresas privadas. Será uma competição incrível“, afirmou a atleta cabo-friense.

Para o secretário adjunto de Esporte e Lazer da Prefeitura de Cabo Frio, Rodolpho Campbell, a atleta é motivo de orgulho para o município. 

“Natália é uma atleta que representa a cidade em diversas competições de provas de longa distância e ultramaratonas, além de ser representante da Arcolagos no Conselho de Esporte. Dentro das nossas possibilidades, conseguimos viabilizar um apoio que é, sobretudo, uma forma de reconhecimento a tudo que ela tem feito pelo atletismo da cidade“, afirma Rodolpho Campbell.

Serão três dias de corrida com distâncias para atletas autossuficientes, que têm total responsabilidade pela sua participação no evento e são capazes de largar e chegar sem necessitar de apoio de terceiros ou da organização da prova. No 3º dia acontecerão também os percursos alternativos de trilha e praia de 8k, 16k e 21k.

Mais do que uma ultramaratona, é a experiência de vivenciar culturas indígenas e ribeirinhas, correndo em trilhas na selva, por praias, leitos de igarapés e rios afluentes e por todos os mistérios da floresta. Os atletas serão convidados a se conectar profundamente com os ritmos da natureza e com a diversidade da fauna e flora. Além do desafio da corrida em si, seja pela distância, clima e percurso, as características singulares de uma corrida na selva tornam o evento ainda mais especial.



Fonte: Prefeitura Municipal de Cabo Frio