Atividades culturais marcam feriado da Independência em Cabo Frio

0
12


Celebrações foram realizadas na praça da Prefeitura e na sede da Casa do Bicentenário

Em comemoração ao feriado da Independência do Brasil, a Prefeitura de Cabo Frio realizou nesta terça-feira(7) uma série de atividades cívicas e culturais. As celebrações aconteceram na Praça Tiradentes, em frente à sede do governo municipal, e também na recém inaugurada Casa do Bicentenário, anexo ao Parque Municipal do Itajuru.

Abrindo os trabalhos às 10h, em frente à Prefeitura, houve a cerimônia de hasteamento da bandeira do Brasil, do Estado do Rio de Janeiro e da cidade de Cabo Frio. O ato solene, que contou com a presença de diversas autoridades municipais, teve início com a cantora Iscarllet cantando à capela o Hino Nacional Brasileiro, pouco antes da execução do Hino da Independência do Brasil. Em seu pronunciamento de abertura, o presidente da Comissão Municipal do Bicentenário, Paulo Baía, fez um apanhado geral a respeito da história da cidade e do país, e agradeceu ao prefeito José Bonifácio pela formação da comissão.

“A independência do país é de todos e todas, e a bandeira do Brasil, com suas cores, é o nosso retrato, nossa ancestralidade e são nossos descendentes. Vamos deixar um legado de ressignificação das comemorações do bicentenário da independência com essa ideia do prefeito José Bonifácio, do qual agradeço imensamente pelo acolhimento aqui em Cabo Frio. Ficará também um legado para nossas crianças e nossos jovens, com a Biblioteca Parque interativa que iremos inaugurar em breve”, disse Paulo Baía.

De acordo com o prefeito José Bonifácio, as atividades da Comissão do Bicentenário da Independência do Brasil serão desenvolvidas até 7 de setembro de 2022, no dia da celebração dos 200 anos do marco histórico. A partir de agora serão desenvolvidos debates, pesquisas, palestras e interações com todos os segmentos da sociedade de Cabo Frio e com os municípios vizinhos.

“É um marco que vamos estabelecer na cidade a partir de hoje. Comemorar o bicentenário da independência não pode ser apenas um ato formal. Precisamos aproveitar este período para unir as pessoas e fazer aflorar os movimentos da sociedade civil, militares, religiosos, pela abolição da escravidão, entre muitos outros. Temos de aproveitar este momento também para deixarmos de lado as diferenças. Nossos líderes precisam se manifestar ao povo pregando a cordialidade e o respeito às pessoas que pensam diferente umas das outras”, afirmou o prefeito José Bonifácio.

Após o discurso do prefeito, o coletivo cultural Griot realizou uma apresentação de jongo. Várias autoridades prestigiaram o evento.

ATIVIDADES VIRTUAIS E CULTURAIS

Às 14h houve a transmissão ao vivo de um debate sobre os 200 anos da data histórica para o país. A atividade virtual teve a participação do presidente da Comissão do Bicentenário da Independência, Paulo Baía, dos professores André Carvalho, Luiz Guilherme, Wagner Ribeiro e Nilma Aciolli, além de Tainara Oliveira, integrante da Comissão e chefe adjunta de Gabinete. A live está disponível na página do Facebook, Twitter e no canal do YouTube da Prefeitura de Cabo Frio.

No mesmo horário, ações culturais foram realizadas na sede da Casa do Bicentenário da Independência, que recentemente foi inaugurada no Parque Municipal do Itajuru. Houve contação de história e distribuição do livro “Teixeira e Sousa para crianças”, da escritora Rosana Andréia. Às 14h30, Andreia Fernandes promoveu a “Exposição de Bonecas Abayomis”, que são feitas de pano eretratam a cultura afro-brasileira e a história de luta e resistência das mulheres negras.

Na sequência foi a vez da apresentação do teatro de marionetes, com o bonequeiro e secretário de Cultura, Clarêncio Rodrigues. Mais tarde, o coletivo Omo Odé se apresentou no local com uma roda de jongo. Fechando a programação, Jorginho Villas comandou o Samba da Independência, tocando sambas marcantes na história do país.

“Muito importante estarmos aqui com a instalação dessa nova casa, fortalecendo esse embrião na comunidade do Itajuru que sempre teve uma tradição cultural muito grande. É um momento muito especial e uma felicidade enorme poder promover atividades culturais para os moradores e principalmente para essa garotada. Podem ter certeza que é só o início de algo grandioso”, finalizou o coordenador geral de Promoção da Igualdade Racial, Manoel Justino.



Fonte: Prefeitura Municipal de Cabo Frio