Após tumultos, Maricá, RJ, recebe mais doses da CoronaVac e anuncia vacinação para esta quarta-feira | Região dos Lagos

0
25


Depois de dois dias de tumulto e confusão nas filas de vacinação na Unidade de Saúde da Família Central, a Secretaria de Saúde de Maricá (RJ) anunciou que vai continuar com a imunização contra a Covid-19 nesta quarta-feira (19).

A cidade recebeu na tarde desta terça-feira (18) cerca de 3.320 doses da vacina CoronaVac, além de 1.420 doses da vacina Astrazeneca, totalizando 4.740.

Com a nova remessa, o município vai retomar a aplicação da 2ª dose da vacinação com a CoronaVac nos postos de saúde e nas unidades volantes de vacinação. Os idosos devem se dirigir a um dos nove pontos de vacinação. Na segunda e terça-feira apenas quatro pontos foram disponibilizados.

Confira os locais de vacinação para 2ª dose de CoronaVac

  • Drive-thru do Aeroporto
  • Drive-thru Centro Administrativo de Itaipuaçu
  • Unidade de Saúde da Família do Centro
  • Unidade de Saúde da Família de São José ll
  • Unidade de Saúde da Família Marinelândia
  • Unidade de Saúde da Família Barra
  • Unidade de Saúde da Família Chácara de Inoã
  • Unidade de Saúde da Família Inoã ll
  • Unidade de Saúde da Família Jardim Atlântico

De acordo com o último calendário de vacinação divulgado pela Prefeitura de Maricá, nesta quarta-feira (19) devem ser vacinados os idosos de 65 anos ou mais, além do público que não conseguiu ser vacinado nesta segunda e terça-feira. Pessoas que receberam a primeira dose há 28 dias ou mais precisam receber a segunda dose da Coronavac.

Em nota, a secretaria de Saúde afirma que tem solicitado ao Estado e ao Ministério da Saúde que as remessas de imunizantes acompanhem a demanda real da cidade, o que não vem acontecendo desde o início da vacinação. O quantitativo e a data de entrega também não são informados com antecedência à pasta, segundo o município.

Na segunda (17) e nesta terça-feira (18), centenas de idosos enfrentaram problemas na tentativa de receber a imunização em Maricá.

Na segunda (17), as doses destinadas à aplicação acabaram uma hora após o início da vacinação, apesar de o estoque da secretaria de Saúde estar abastecido com as quase duas mil doses que chegaram nas últimas remessas. Idosos que madrugaram na fila e não conseguiram a imunização fizeram protestos exigindo a aplicação das doses.

Na terça-feira (18), a reclamação foi sobre a distribuição de senhas durante a noite. Idosos que chegaram ao longo da madrugada, depois da entrega das senhas, ficaram receosos quanto à escassez de doses e houve mais confusão no local.

Moradores do distrito de Itaipuaçu também reclamavam da organização na USF do bairro e muita gente não conseguiu se vacinar devido ao racionamento de doses.

Depois disso, a Prefeitura de Maricá anunciou que iria usar as cerca de 1.200 doses que estavam no estoque para imunização do público, e idosos que permaneceram na fila conseguiram receber a aplicação.



Fonte: G1