Após mensagens de ataques em escola de Cabo Frio, instituição afirma que está buscando os autores e orientando alunos

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Uma escola católica de Cabo Frio, Sagrado Coração de Jesus, acionou a Polícia Militar a respeito de mensagens de ameaças escritas no banheiro masculino da escola.

Os policiais foram até o local e se reuniram com a direção da escola.

Agora a noite a escola emitiu uma nota a respeito do assunto.

“Nas últimas semanas, algumas escolas vêm enfrentando um momento difícil devido a um movimento que circula nas redes sociais, denominado “Ameace um massacre em sua escola”. Ontem, 17/05/2022, nossa Escola passou por uma situação semelhante por parte de aluno(s) ainda não identificado(s). Escritos foram encontrados na carteira de uma sala de aula e também em um dos banheiros masculinos. Não fechamos nossos olhos para esse fato, ainda que possa ser reflexo de um movimento de rede social. Em hipótese alguma arriscaríamos a segurança de nossos alunos. O Sagrado vem tomando todas as medidas cabíveis, orientadas tanto pela Assessoria Jurídica da Rede Franciscanas, quanto pelas autoridades de segurança. No intuito de orientar nossos alunos e atuar preventivamente, já estamos realizando ações junto às Delegacias de Polícia, Batalhão da PM (Patrulha Escolar – Proteção à Criança e ao Adolescente) e Guarda Municipal, para que nossos alunos entendam a seriedade e as consequências de tais atitudes. Estamos buscando formas de encontrar os possíveis autores. Pedimos que as famílias fiquem atentas e orientem seus filhos em relação ao uso das redes sociais. Entendemos e participamos das angústias enfrentadas pelas famílias e reforçamos o compromisso com a educação e formação de nossos alunos, compartilhando da PAZ e do BEM. Pedimos a todos que estejam em oração conosco”, disse a nota.

.

Fonte: Jornal de Sábado