Após grandes engarrafamentos nos acessos, barreiras sanitárias são suspensas em Cabo Frio

0
3179

Após grandes engarrafamentos nos acessos, barreiras sanitárias são suspensas em Cabo Frio

PUBLICADA ORIGINALMENTE NA FOLHA DOS LAGOS

As barreiras sanitárias montadas nos acessos a Cabo Frio foram desmontadas no começo da tarde desta sexta-feira (09/10), após serem registrados congestionamentos em vários pontos da cidade, com reflexos em outros municípios, na parte da manhã. Em São Pedro da Aldeia, o engarrafamento chegou à altura de uma grande loja de departamentos, que fica na RJ-140, no bairro Campo Redondo.

Na estrada do Guriri, os motoristas também tiveram que ter uma dose extra de paciência, uma vez que o tráfego estava lento entre o Condomínio dos Pássaros e o trevo de Búzios. A situação que já estava complicada, com a chegada de diversos veículos para o feriadão, piorou com a chuva que caiu por volta das 13 horas.

A situação causou reclamações de empresários da cidade, que alegaram que muitos de seus funcionários se atrasaram para chegar ao local de trabalho. A Associação Comercial e Turística (Acia) chegou a divulgar uma nota oficial em que relatou ter pedido o fim das barreiras sanitárias. Com a desmontagem, a entidade emitiu outra nota, esta de agradecimento, à Prefeitura.

A reportagem entrou em contato com o governo municipal para saber por quanto tempo as barreiras ficarão suspensas, mas aguarda uma resposta. Contudo, em grupos de WhatsApp, circula uma mensagem do secretário de Desenvolvimento da Cidade, Felipe Araújo, no qual ele admite que a montagem das barreiras foi ‘um erro’. Segundo ele, a ordem para retirada das barreiras foi do prefeito Adriano Moreno, após verificar pessoalmente o congestionamento.

– Cabo Frio é uma cidade que tem uma diferença muito grande dos outros municípios. Em Arraial do Cabo, isso estava dando certo; em Búzios também. A gente fez uma tentativa de implantação mais eficiente dessas barreiras aqui para controlar o acesso a Cabo Frio, que no interior do estado, é a que tem maior atração para os turistas que vem pra região nesse feriado. Foi implantada, operamos a barreira até meio-dia, não funcionou porque gerou transtornos em outros municípios. Eu, em nome dos demais secretários, vou me colocar numa posição de humilde e dizer que a gente errou e que as barreiras, por determinação do prefeito, estão suspensas – disse o secretário, que pediu maior atenção aos protocolos de segurança sanitária aos empresários do Turismo, para evitar a disseminação do novo coronavírus.

As barreiras foram retomadas na madrugada desta sexta-feira, por força de um decreto publicado na véspera. Antes da suspensão, os agentes municipais tinham a orientação de deixar passar apenas pessoas que moram ou são donas de imóveis na cidade; visitante que alugaram imóveis regularizados; pessoas que trabalham no município ou com reserva em meios de hospedagens legalizados.

A REFORMULAÇÃO DO DECRETO

No fim da tarde desta sexta-feira, a Prefeitura emitiu o decreto municipal nº 6.356, que reformula a atuação das barreiras sanitárias a partir deste sábado (10/10). Durante 24 horas por dia, os agentes municipais vão orientar a população e os turistas sobre a importância das medidas de prevenção e combate ao coronavírus. Assim como estava em vigor até a tarde desta sexta, os veículos de turismo deverão apresentar aos integrantes das barreiras o Documento de Arrecadação Municipal (DAM), juntamente com o comprovante de pagamento.

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para [email protected]

©Plantão dos Lagos
Fonte: Folha dos Lagos
Fotos: divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui