Alteração no Calendário Escolar gera polêmica em São Pedro da Aldeia


Um documento enviado pela Secretaria de Educação de São Pedro da Aldeia ao Conselho Municipal para ser votado a toque de caixa está dando o que falar. Trata-se de uma resolução que prevê a alteração do calendário escolar do ano letivo na rede municipal de ensino  antes previsto para o dia 15/12/2023 e agora com escalonamentos que antecipam em pelo menos 2 semanas a data inicialmente programada, para cortar despesas na pasta da educação municipal.

 A despeito do procedimento heterodoxo adotado pela secretária da pasta, Sheila Atala, os integrantes do Conselho Municipal de Educação não aceitaram apreciar a resolução proposta no mesmo dia em que foi recebido, os membros do colegiado optaram por cumprir o regimento interno e fazer a apreciação somente após 48 horas. O prazo estabelecido visa resguardar o mínimo de tempo para leitura e análise do expediente recebido. 

Não obstante, o documento que vazou no grupo do Conselho Municipal de Educação, com a proposta da Secretaria Municipal, está gerando polêmica e questionamentos sobre o encerramento do ano letivo com escalonamentos que antecipa em pelo menos 1 semana a data inicialmente programada, com a mera finalidade de cortar gastos em detrimento de outras áreas que não deveriam ser consideradas prioridades pela gestão do prefeito Fábio do Pastel (PL). Questionado, o município não se manifestou para dar a versão dos fatos.








Diario SPA