VW Passat ganha edição especial de despedida nos EUA

0
11


VW Passat EUA

Já fora de linha no Brasil, VW Passat deixará de ser fabricado nos EUA para dar lugar na linha de montagem para carros elétricos

Para marcar o fim da produção do VW Passat nos Estados Unidos, a fabricante anunciou uma edição limitada de despedida. A fábrica de Chattanooga, onde o sedã é produzido, será modernizada para fabricar modelos elétricos, como o ID.4, que será feito por lá a partir do próximo ano.

A produção da série especial será limitada a 1.973 unidades, uma alusão ao ano de lançamento da primeira geração do sedã na Alemanha. Entre as mudanças da série especial estão detalhes exclusivos por dentro e por fora que remetem à história do modelo.

VW Passat EUA

Serão quatro combinações de cores: vermelho com interior preto; verde com interior marrom; branco com com interior também em marrom; e cinza com interior em preto. E cada uma remete a um código ou número que marca a trajetória do Passat.

Por exemplo, na combinação Aurora Red Metallic com Titan Black, serão 411 unidades, representando o código original do modelo. Em Racing Green Metallic e Mauro Brown, serão 423 unidades, o código de área de Chattanooga. Em Pure White e Mauro Brown, serão 524 unidades, representando a data de inauguração da fábrica em Chattanooga, que foi em 24 de maio de 2011.

Por fim, em Platinum Grey Metallic e Titan Black serão 615 unidades, remetendo às seis gerações do Passat que foram importadas para os Estados Unidos, a única geração feita em Chattanooga e as cinco décadas de vendas do modelo por lá.

Também mudam as rodas de 18 polegadas, com capas dos retrovisores em preto e faróis de LED. Já o interior terá uma numeração na etiqueta dos bancos para celebrar a edição especial, além de trazer um acabamento especial nos porta-copos que exibem o mapa aéreo de Chattanooga.

Completam a lista bancos esportivos com memória para o motorista, aquecimento em todos os bancos (dianteiros e traseiros), assistente de estacionamento e multimídia com sistema de som Fender.

Os primeiros modelos da família Passat chegaram ao mercado norte-americano em 1974, somando mais de 222 mil unidades comercializadas até a chegada da segunda geração, batizada de Quantum. O nome Passat efetivamente apareceu por lá pela primeira vez em 1990, com um total de seis gerações vindas da Europa. A produção local teve início em 2011, exportando ainda para Canada, Coreia do Sul e países do Oriente Médio. Vale lembrar que, no Brasil, o Passat saiu de linha no ano passado.

interior VW Passat EUA

Fotos: Divulgação



Fonte: Revista Carro