Vendas de importados caem 14,5% em setembro

0
35


Concessionária Volvo 2020

Volvo XC60 mantém a liderança nos emplacamentos do mês e no acumulado do ano

As vendas de veículos importados registraram queda de 14,5% em setembro de 2021 em relação ao mês anterior. Na comparação com setembro do ano passado, a retração chegou a 34%. Os dados são de balanço mensal divulgado pela Abeifa, associação que reúne 11 importadores e fabricantes de automóveis no Brasil.

A entidade representa, ao todo, 11 fabricantes e/ou importadores. São eles: Aston Martin, BYD, Caoa Chery, JAC Motors, Jaguar, Kia Motors, Land Rover, McLaren, Porsche, Suzuki e Volvo. As vendas de veículos importados destas marcas somaram 1.871 unidades em setembro, ante as 2.188 emplacadas em agosto de 2021.

Na soma entre importados e veículos de produção nacional das marcas associadas à Abeifa, o volume total foi de 4.278 unidades em setembro, queda de 11% na comparação com os 4.813 emplacamentos do mês anterior. No acumulado do ano até setembro, o volume da soma de nacionais e importados é de 55.306 unidades, alta de 36,1%. Já entre os importados, o cenário é de estabilidade, com baixa de apenas 0,3% no volume de 2021 até o momento (19.795).

Entre os importados mais vendidos em setembro de 2021, o Volvo XC60 manteve a ponta, com 444 unidades emplacadas. Completam a sequência do top 5: Kia Bongo (265 unidades), Volvo XC40 (169 unidades), Kia Cerato (107 unidades) e Porsche Macan (101 unidades). No acumulado do ano, o XC60 também lidera a lista, com 2.758 unidades, seguido de Volvo XC40 (2.354) e Kia Bongo (1.746).

Foto: Arquivo



Fonte: Revista Carro