Toyota Hyryder pode ser o nome do SUV compacto brasileiro

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Como o Auto+ já antecipou, a Toyota trabalha em um novo SUV compacto global para atuar em mercados emergentes. O modelo será construído sobre a plataforma de baixo custo DNGA da Daihatsu e será uma alternativa mais em conta que o Yaris Cross. O SUV, que será o novo Toyota de entrada no Brasil, poderá adotar o nome Hyryder.

Na índia, a Toyota registrou o nome Hyryder e que pode ser usado pelo novo SUV compacto. O desenvolvimento por lá está sendo tocado em parceria com a Suzuki e que gerará um derivado para a rival/parceira japonesa. É sabido que as engenharias da Toyota da Índia e do Brasil são bem próximas, tendo cooperado no projeto do Etios e na localização do Yaris.

Isso fortalece a teoria de que Hyryder poderá ser o nome do SUV compacto que já está em desenvolvimento por aqui. O nome vem da junção de Hy de Hybrid/híbrido e de Ryder, que tem como significado aquele que vive bem ou responsável pela cavalaria.

Toyota Yaris Cross [divulgação]
Toyota Yaris Cross [divulgação]

Duas opções de 1.5

Como todo Toyota em breve terá uma versão híbrida, faz sentido que o novo modelo receba essa alcunha. Vale lembrar que a marca japonesa tem em desenvolvimento um novo 1.5 quatro cilindros aspirado no Brasil e que será usado pelo SUV compacto. O motor é o mesmo do Yaris e do Yaris Cross europeus.

A vantagem desse 1.5 aspirado, ao contrário do conjunto mecânico usado em Corolla e Corolla Cross, é que ele pode ser empregado também com sistema híbrido. Ou seja, a Toyota terá o 1.5 flex para as versões aspiradas do novo Hyryder, mas também a utilizará nas variantes híbridas, economizando em escala por usar só um motor.

Toyota Yaris Cross [divulgação]
Toyota Yaris Cross [divulgação]

Na versão aspirada, o 1.5 entrega 125 cv e 14,8 kgfm de torque quando abastecido com gasolina. Aqui no Brasil deve ganhar força extra por conta do uso de etanol. A Honda com seu 1.5 aspirado traz 126 cv e 15,8 kgfm, números que devem ser superados pela Toyota.

Já a versão híbrida, que também será montada no Brasil, entrega 116 cv de potência combinada por conta da mudança do ciclo do motor. Ele fica bem mais econômico, tendo médias de 30,8 km/l por conta da ajuda do sistema híbrido. O motor 1.5 já nascerá compatível somente com câmbio CVT, ou seja, nada de manual.

GR Sport
Toyota Corolla Cross GR Sport [divulgação]

Mais SUVs

Com o novo Toyota Hyryder, a marca japonesa encerrará a vida do Yaris por aqui. O modelo está em sua primeira e única geração a ser oferecida no Brasil. Já há um novo modelo em desenvolvimento, mas como o mercado brasileiro tem se voltado cada vez mais aos SUVs, o Hyryder servirá como modelo de entrada da Toyota.

Ou seja, o portfólio futuro será constituído de menos modelos. O Hyryder será o carro de entrada da Toyota, seguido por Corolla e Corolla Cross. O segundo patamar vem com Hilux e SW4 fazendo volume entre os modelos grandes, enquanto os importados RAV4, Camry e GR Corolla terão volume mais ameno. Supra e GR86 também podem ser importados futuramente.

>>Exclusivo: próxima geração do Toyota Yaris não será vendida no Brasil

>>Toyota Yaris 2023: melhor hatch que você compraria em 2012 | Avaliação

>>Exclusivo: Toyota trabalha em novo motor 1.5 para SUV nacional

Fonte: Revista Carro