Toyota confirma compacto híbrido flex no Brasil: será o Yaris Cross?

0
18


Com Corolla e Corolla Cross, a Toyota entrou de vez no mundo dos modelos híbridos no Brasil. Até hoje eles são os únicos carros híbridos produzidos no Brasil, sendo eles os únicos de suas categorias a trazer opção eletrificada. Mas a marca quer ir além com um compacto híbrido flex, conforme confirmado pelo presidente da marca, Masahiro Inoue, em entrevista à Folha de São Paulo. E o escolhido pode ser o Yaris Cross.

Há tempos rumores sobre a investida da Toyota no segmento de SUVs compactos é aventada. Depois do Corolla Cross, que atua entre os médios, o próximo candidato seria o Yaris Cross. Apesar do nome, ele em nada deriva do Yaris brasileiro. O SUV, na realidade, é aparentado ao modelo europeu, que usa base TNGA-B.

Um dos destaques do Yaris Cross é justamente o fato de contar com sistema híbrido. Ele pode usar exatamente o mesmo sistema 1.8 flex dos irmãos Corolla, que já é adaptado para essa base modular. A transmissão CVT sem marchas simuladas seria a mesma dos modelos maiores.

Toyota Yaris Cross [divulgação]
Toyota Yaris Cross [divulgação]

Compacto bem compacto

Nas medidas, o Yaris Cross tem 4,18 m de comprimento, 1,76 m de largura, 1,59 m de altura e 2,56 m de entre-eixos. Isso o coloca no patamar dos menores SUVs compactos do mercado. Comparando ao Corolla Cross, o novato é 28 cm mais curto, 6 cm mais estreito, 3 cm mais baixo e tem entre-eixos 8 cm menor.

Esteticamente, Yaris e Yaris Cross são muito mais próximos do que Corolla e Corolla Cross. O SUV compacto usa a mesma porta dianteira do hatch, mas recebe capô bem mais alto e reto, além de para-lamas alargados e bem marcados, com direito a caixa de roda em plástico preto.

Toyota Yaris Cross [divulgação]
Toyota Yaris Cross [divulgação]

Yaris parrudão

Os faróis altos de LED ficam acima da grade frontal, que tem desenho agressivo. Na traseira, lanternas conectadas por um plástico preto fazem lembrar dos Volkswagen Nivus e T-Cross. Já ainda bastante plástico preto no para-choque para dar uma aparência robusta.

A cabine é mais jovial que a do Corolla, ainda que tenha alguns elementos em comum a ele. Exemplo é a central multimídia flutuante. Há painel de instrumentos parcialmente digital e volante inédito na linha Toyota. Destaque vai para o uso de materiais macios ao toque em boa parte do painel.

Toyota Yaris Cross [divulgação]
Toyota Yaris Cross [divulgação]

>>Toyota Corolla Cross é Corolla de verdade, mas tem poréns | Avaliação

>>Corolla Cross e C4 Cactus disparam entre SUVs mais vendidos de junho

>>Toyota de novo aumenta preço do Corolla Cross e do Corolla



Fonte: Revista Carro