Salão de Pequim deve ser adiado para junho

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Salão de Pequim

Previsto para abrir as portas no final de abril, o Salão de Pequim deverá ser adiado para junho em função dos novos casos de Covid-19 na China

Devido ao novo aumento nos casos de Covid-19 na China, o Salão de Pequim deve ser adiado, conforme informações divulgadas pela Reuters. O evento aconteceria de 21 a 30 de abril, mas deve ficar agora para junho. A organização, porém, ainda não confirmou oficialmente essa informação nem divulgou a nova data de realização.

O Salão de Pequim já havia sido postergado em 2020 devido à pandemia, passando de abril para setembro do mesmo ano. Ele é um dos principais eventos automotivos do país, sendo realizado a cada dois anos e revezando com o Salão de Xangai. A China, aliás, é um dos maiores mercados da indústria automotiva em todo o mundo, somando mais de 26 milhões de veículos comercializados no país só no último ano.

Nesta edição, são aguardados lançamentos como a nova geração do BMW Série 7, a versão elétrica BMW i7, o novo Mercedes-Benz EQS SUV e a versão final de produção do VW ID Vizzion Concept.

Foto: Divulgação




Fonte: Revista Carro